Homem sai de casa para procurar emprego e desaparece misteriosamente

Autor: Débora Souza

Publicada em


 

Há seis dias, familiares e amigos do supervisor de serviços gerais Bruno Ramos de Lima, de 31 anos, peregrinam em delegacias, hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML/NR) à sua procura. Ele está desaparecido desde a tarde da sexta-feira, 18.

Segundo a digitadora Bárbara Cristina Ramos, 37, o irmão foi visto pela última vez, por volta das 5h, trafegando de carro pela Rótula do Abacaxi. Ele dirigia seu veículo, um Chevrolet Corsa hatch bege (placa JRR- 1402). O carro também está desaparecido. Ainda conforme ela, Bruno estava retornado de Candeias, onde fez exame admissional em uma empresa, e seguia para São Caetano, local onde reside com a esposa e dois filhos pequenos.

“Ele nunca fez isso, não tem costume de ficar fora de casa. Sempre avisa para onde vai, onde está. Visualizou o WhatsApp à 1h31 da sexta-feira, ligamos para os dois celulares dele, mas só dão caixa. Ele não é de desligar o celular”, afirmou Bárbara.

Sumiu no aniversário do filho
Quando desapareceu, Bruno trajava calça jeans, blusa amarela e um sapato social preto. Ele é casado e tem dois filhos, uma menina de 11 anos e um menino que completou 7 anos, na terça, 22. O caso de desaparecimento é investigado pela Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Quem souber o paradeiro de Bruno pode ligar para o número (71) 3116-0357 ou passar informações pelo  Whatsapp da unidade policial (71) 99631-6538. Não precisa se identificar.

Na cena de crime
“Já tivemos em todos os hospitais de Salvador. Também fomos em Candeias, Simões Filho e Camaçari – Região Metropolitana -, e em algumas UPAs. Estamos desesperados, estamos indo em todos os locais. Todo corpo que aparece a gente vai ver se é ele. Mas, Graças a Deus, nunca é”, disse Bárbara.

Na tarde desta quarta, ela e a esposa de Bruno estiveram na Estrada da Frimasa, em Simões Filho, local onde o corpo de Hércules Pereira de Jesus, de 25 anos, foi encontrado já em estado de decomposição. Conforme Bárbara, o irmão é uma pessoa tranquila e que não gosta de se envolver em confusão. “Todo mundo gosta dele, é de paz, brincalhão”, revelou a mulher, afirmando que o irmão não tem inimigos e não está recebendo ameaças.

 

Informações do A Tarde*