Homens ganham R$ 320 a mais que mulheres em Salvador, diz pesquisa

Autor: Cartão de Ponto

Publicada em


As mulheres vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Mesmo assim ainda é grande a diferença de salários entre homens e mulheres. Eles ganham, em média, R$ 320 a mais que elas. Foi o que mostrou a Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Salvador (PED-RMS), divulgada ontem pela SEI (Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia).

A boa notícia é que houve uma redução na desigualdade entre os salários de ambos. O rendimento médio permaneceu relativamente estável para as mulheres, ao contrário do que ocorreu com os homens, que apresentaram declínio.

A pesquisa mostrou ainda que apesar de o desemprego entre as mulheres ter registrado uma pequena elevação, a taxa representa o segundo menor patamar da série histórica na PED-RMS, idêntica à observada em 2010, e maior apenas à de 2014.

Salários melhores
No período 2014-2015, o rendimento médio ficou relativamente estável para as mulheres ocupadas (+0,3%) e reduziu para os homens (-4,6%). O valor recebido pelas mulheres passou de R$ 1.172 para R$ 1.175 e o dos homens, de R$ 1.567 para R$ 1.495. Este é o terceiro maior valor recebido pelas mulheres na série anual da PED, menor apenas que as médias de 2009 e 2010.

Veja as vagas de empregos para hoje

Homens mais desocupados
Segundo a PED-RMS, da SEI, a redução da ocupação penalizou mais aos homens – que perderam 26 mil postos – do que às mulheres que tiveram queda de 19 mil. Apesar disso, o número de mulheres na força de trabalho diminuiu mais intensamente (-19 mil) que o de homens (-6 mil).