Homens são mortos diante da família em Salvador

Autor: Aratu

Publicada em


Dois crimes chocaram os moradores de Cajazeiras X e Alto de Coutos, respectivamente, na madrugada desta terça-feira (15/3). Ironicamente, há bastante semelhança entre ambas tragédias. De acordo com a Superintendência de Telecomunicações das Polícias (Stelecom), bandidos invadiram as casas das vítimas e executaram Marcos Vinícios Magalhães Santana, 19 anos e Tiago Santos da Hora, de 28 anos, conhecido como “Bia”, na frente de familiares (lê-se: mulher e filhos).

Marcos, de 19 anos,  foi morto com tiros no abdômen, braço e cabeça após ter a casa invadida por volta das 1h30 da madrugada. A mulher e filhos de Marcos também estavam no imóvel e presenciaram o crime. Eles não foram feridos. Ao chegarem no local para investigar o crime, policiais militares encontraram drogas e uma quantia em dinheiro dentro do imóvel.

Do lado de fora da casa, foram vistas pichações com a inscrição “BDM” (supostamente em referência a facção criminosa Bonde do Maluco). Segundo a Stelecom, a suspeita é que o homicídio tenha relação com o tráfico de drogas. Até esta manhã (15/3), os envolvidos no caso não foram identificados.

Já na Rua São Geraldo, no Alto de Coutos, a vítima foi Tiago Santos da Hora, de 28 anos, conhecido como “Bia”. Ele foi assassinado por seis homens que invadiram sua residência. Assim como na primeira ocorrência, a mulher de Tiago presenciou o homicídio. Ela estava amamentando quando os bandidos invadiram o imóvel.

Ela e o bebê não foram baleados. Tiago foi atingido no tórax e abdômen. Ele chegou a ser levado para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu e morreu. De acordo com  Stecom, Tiago estava jurado de morte por moradores do bairro onde mora. Os dois casos são investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).