INSS: confira o novo valor do teto da aposentadoria

Autor: Uol

Publicada em


Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais que um salário mínimo terão reajuste de 3,43% neste ano, acima do registrado no ano passado (+2,07%).  O teto de quem ganha aposentadoria pelo INSS — que até agora era de R$ 5.645,80 — deverá subir para R$ 5.839,45. O valor corrigido é retroativo a 1º de janeiro, mas só vai entrar na conta dos aposentados no início de fevereiro, quando será pago o benefício referente ao primeiro mês do ano.

O segurado que recebia R$ 2.000 de aposentadoria em 2018, por exemplo, passará a ganhar R$ 2.068,60, sem considerar o desconto do Imposto de Renda.

O índice usado para reajustar os benefícios acima do piso nacional é o INPC acumulado em 2018, divulgado nesta sexta-feira (11) pelo IBGE. Segundo a Secretaria da Previdência, a portaria que reajusta os benefícios previdenciários deve ser publicada em breve no Diário Oficial da União. Os segurados que recebem um salário mínimo terão um reajuste maior. O valor mínimo pago nas aposentadorias e pensões segue o piso nacional, que passou de R$ 954 para R$ 998, o que equivale a um aumento de 4,6%.

Segundo a Secretaria da Previdência, os novos valores serão creditados para os segurados do INSS na folha de janeiro, que será paga entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro. As datas de pagamento variam conforme o valor a ser recebido e o número final do benefício, sem considerar o dígito. Por exemplo, se o número é 123.456.789-0, desconsidere o 0 (dígito). O número final é 9.

Para benefícios de até um salário mínimo Final 1: 25 de janeiro Final 2: 28 de janeiro Final 3: 29 de janeiro Final 4: 30 de janeiro Final 5: 31 de janeiro Final 6: 1º de fevereiro Final 7: 4 de fevereiro Final 8: 5 de fevereiro Final 9: 6 de fevereiro Final 0: 7 de fevereiro.

Para benefícios acima de um salário mínimo Finais 1 e 6: 1º de fevereiro Finais 2 e 7: 4 de fevereiro Finais 3 e 8: 5 de fevereiro Finais 4 e 9: 6 de fevereiro Finais 5 e 0: 7 de fevereiro.