INSS vai pagar de R$ 57 a R$ 300 mil em atrasados a partir deste mês

INSS vai paga de R$ 57 a R$ 300 mil em atrasados a partir deste mês
INSS vai pagar atrasados a partir deste mês

INSS vai pagar atrasados a partir deste mês aos aposentados e pensionistas. Valores variam de R$ 57 a R$ 300 mil.

A justiça liberou mais de R$ 13 bilhões em atrasados para beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O montante é destinado aos que ganharam ações contra o órgão.

Na prática, os atrasados se referem a salários, vencimentos e vantagens, bem como de indenizações e honorários advocatícios. Em alguns estados, o pagamento  será feito nas próximas semanas. “A unidade do TRF-3 processará as informações para que o pagamento seja realizado nas próximas semanas”, diz nota do órgão.

No entanto, há localidades em que a grana poderá ser paga um pouco depois. “Em cidades onde não há Justiça Federal e os processos tramitam por competência delegada, a Justiça Estadual pode requerer alguma informação extra. Por isso, nesses locais pode demorar um pouco mais para o levantamento dos valores”, informa o tribunal.

>Suspensão de cobrança de empréstimos a aposentados do INSS será votado nesta quinta

Grana é liberada uma vez por ano
Os precatórios são pagos uma vez por ano. Por lei, o governo tem até o dia 31 de dezembro para fazer a quitação. A expectativa era que a grana fosse liberada em maio. No entanto, com a crise, houve mudança no cronograma e os valores totais saem neste mês.

Onde a grana vai ser depositada?
O dinheiro será depositado em contas individuais abertas pela Justiça nas instituições financeiras responsáveis, Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil (BB).

>Como fica a margem dos empréstimos para aposentados do INSS?

Qual o valor dos atrasados?
Os valores variam de R$ 57 mil a R$300 mil em média. Se o pagamento do atrasado foi autorizado pela Justiça em 2018, o mínimo é de R$ 57.240. No caso de autorizações em 2019, o mínimo é de R$ 59.880.

Alguns pagamentos serão em julho
Há tribunais que farão os depósitos em julho, segundo advogados previdenciários. Este é o caso da 4ª Região, que atende os estados do Sul do país, da 2ª Região, que atende Rio de Janeiro e Espírito Santo, e da 5ª Região, tribunal onde são atendidos os segurados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Ceará.

>Publicada novas regras para prova de vida dos aposentados e pensionistas

Como saber se vou receber? 
Para saber quando irá receber, é necessário consultar o advogado do caso ou consultar no site do TRF ao qual pertence. Quando o dinheiro for pago, aparecerá a informação “Pago total – comunicado ao juízo”.

A dica é estar em contato com o profissional que trata do caso, pois muitos advogados recebem por pagamento eletrônico, novidade implantada em alguns tribunais, incluindo o que atende SP e Mato Grosso do Sul.

Grana liberada | Pagamento do lote anual

  • O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou aos tribunais regionais mais de R$ 13 bilhões para pagar os precatórios alimentícios
  • Essa grana é destinada a quitar dívidas do governo com segurados do INSS e com servidores que processaram o poder público e ganharam a ação

>Como vai ficar o atendimento aos aposentados nas agências do INSS

Quem vai receber

  • Terá direito à grana quem teve o precatório liberado pelo juiz entre os dias 2 de julho de 2018 e 1º de julho de 2019

Valores a serem pagos

  • Os precatórios são atrasados maiores, acima de 60 salários mínimos
  • Se o pagamento do atrasado foi autorizado pela Justiça em 2018, o valor mínimo é de R$ 57.240
  • Para autorizações ocorridas em 2019, o mínimo é de R$ 59.880
  • A consulta pode ser feita no site do TRF de sua região.

Fonte: INFORME BRASIL

Veja mais