Invasão de cobras venenosas ameaça moradores de condomínio em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


Os moradores do Conjunto Habitacional Bela Vista, localizado nas imediações do Jardim Eldorado, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), têm vivido momentos de verdadeiro pavor, com a presença inesperada de uns “visitantes indesejados”. De acordo com os moradores, desde o último dia (12/11) têm aparecido diversas cobras da espécie jararaca nas dependências dos prédios e residencias, o que tem tirado o sossego dos condôminos. O veneno das jararacas é potente e pode levar o indivíduo picado a morte.

Na janela do quarto

Em contato com a redação do SIMÕES FILHO ONLINE, a moradora Luciene Alves contou com exclusividade sobre como foi surpreendida por um desses animais peçonhentos, na janela do seu quarto.

“O meu esposo estava conversando com um vizinho pelo lado de fora quando perceberam algo se mexendo em direção a janela do meu quarto. Quando vimos, a cobra já estava com a maior parte do corpo para dentro e pronta para dar o bote. Foi Deus quem me livrou da picada, pois eu tinha acabado de molhar as plantas da jardineira da janela”, contou Luciene.

Mais Jararacas

Ainda segundo a moradora, minutos depois, outra cobra da mesma espécie foi vista passeando a alguns metros de distância de um apartamento. Outros dois animais foram encontrados nas imediações de um parquinho infantil e por sorte, nenhuma criança foi picada.

Também há relatos de que uma criança de apenas 10 anos foi surpreendida pelo animal em uma área comum do prédio, mas ela correu para chamar ajuda e quando voltou acompanhada de sua mãe, a cobra já havia fugido.

Conforme Luciene, os animais apresentam entre 50 a 60 centímetros de comprimento, o que indica que ainda não estão na fase adulta. Mas, a maior preocupação da comunidade é com as crianças que fazem parte de um projeto social e treinam em uma escolinha de futsal, que funciona na área 1 do condomínio.

As cobras foram mortas pelos moradores – veja a foto

De acordo com a moradora, a comunidade não sabe mais a quem recorrer, visto que diversas vezes já tentaram entrar em contato com a Prefeitura Municipal, mas não obtiveram êxito.

“Tem sido um sufoco. Eu já tentei falar com a prefeitura, liguei várias vezes, mas o telefone demora muito a atender. Fiz mais de 20 tentativas ontem pela manhã e quando consegui falar, me deram um outro número que não consigo falar com mais ninguém”, relatou ela.

A comunidade espera que as autoridades municipais tomem uma providência antes que um incidente fatal aconteça, já que a picada de uma cobra venenosa pode matar em questão de minutos.

Sobre a jararaca

As jararacas são serpentes peçonhentas, ou seja, produzem veneno. O veneno das jararacas é potente e pode levar o indivíduo picado a morte, caso não haja socorro médico e aplicação de soro antiofídico. Existe grande variedade com relação a cores e tamanho. Dependendo da espécie de jararaca, podem atingir de 70 cm a 2 metros de comprimento. O tamanho médio das jararacas é de 1,20 cm. As jararacas são vivíparas (dão a luz a filhotes).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO