“Iuri Sheik” confessa assassinato de empresário e revela o motivo

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Foto: Alberto Maraux

O empresário e e digital influencer Iuri Santos Abraão, 31 anos, o “Yuri Sheik”, confessou, durante depoimento, o homicídio praticado contra o também empresário Willian Oliveira na manhã desta quinta-feira (27/6). A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública – SSP.

Ainda segundo a SSP, os esclarecimentos foram concedidos ao titular da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), Edílson Magalhães. O delegado é o responsável pelas investigações do crime, que aconteceu no domingo (23/6).

A motivação, segundo informações preliminares, aponta para uma rixa antiga entre os grupos de amigos de Willian e de Sheik. De acordo com o delegado Magalhães, embora confessada a autoria dos disparos que mataram a vítima, o acusado não deu detalhes sobre como adquiriu a arma. “Disse apenas que, após a fuga,descartou a arma na BR-101”. A versão apresentada por ele e a origem da arma continuam sendo investigadas.

Durante a manhã também desta quinta, chegou a circular uma informação sobre o caso ter sido motivado por uma suposta traição da esposa do suspeito com a vítima. O advogado Victor Valente, porém, desmentiu.

Na tarde de quarta-feira (26/06), momentos após confirmada a morte da vítima, Sheik se apresentou, acompanhado de advogados, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e seguiu para o Departamento de Polícia do Interior (Depin), na Piedade, onde foi cumprido o mandado de prisão preventiva.