Jogo tenso: Brasil vence a Costa Rica nos acréscimos; próximo adversário será a Sérvia

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Agência Brasil

Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online

Foi tenso, apreensivo, mas no final… a vitória, enfim, chegou! Quem pensou que a segunda partida do Brasil na Copa do Mundo seria fácil se enganou completamente. A Seleção venceu a Costa Rica, na manhã desta sexta-feira (22/6), por 2 a 0, em São Petersburgo, com gols de Philippe Coutinho e Neymar nos acréscimos e coloou o time na liderança do Grupo E da Copa do Mundo.

A Seleção Brasileira começou dando sinais de que seria uma partida ‘fácil’ diante a Costa Rica. Logo aos três minutos de jogo, Philippe Coutinho arriscou de longe, mas a bola passou por cima do jogo. Só que a promessa não se concretizou. Com uma saída de bola muito lenta, a equipe canarinho deixou a Costa Rica ditar o ritmo do jogo durante boa parte do primeiro tempo.

A chegada mais perigosa do primeiro tempo foi da Costa Rica. Após falta de Neymar no meio de campo, os costarriquenhos cobraram rápido. Venegas levou na linha de fundo e rolou para Celso Borges, que bateu raspando a trave direita de Alisson. Aos 25 minutos, o primeiro sinal de melhora. Marcelo tentou o chute, Jesus pegou dentro da área e bateu pro fundo do gole de Keylor Navas. O atacante, porém, estava impedido.

Os quatro minutos que se sucederam aumentaram as esperanças dos brasileiros. Foram quatro finalizações seguidas da Seleção. Na mais perigosa delas, Marcelo bateu de direito e Navas caiu para fazer a defesa, no único chute brasileiro na direção do gol na etapa inicial. O Brasil terminou o primeiro tempo com sete finalizações, mas apenas uma de dentro da área.

Tite voltou do intervalo com Douglas Costa no lugar de Willian. E o time brasileiro melhorou no início do segundo tempo. Após cruzamento da direita, Gabriel Jesus cabeceou no travessão. No rebote, Coutinho bateu e Gamboa salvou em cima da linha. Com o passar do tempo, a Seleção voltou a cair na mesma lentidão do primeiro tempo.

Para tentar mudar o panorama, Firmino entrou no lugar de Paulinho. Aos 32 minutos, Neymar caiu na área em dividida com zagueiro da Costa Rica. O árbitro Björn Kuipers marcou a penalidade, mas com a ajuda do VAR, anulou a penalidade. Já nos acréscimos, Philippe Coutinho aproveitou bola que sobrou na área e, de ‘bico’ marcou o gol da vitória brasileira. No último lance do jogo, Douglas Costa cruzou e Neymar fechou a conta.

Na próxima quarta-feira (22/6), às 15h, o a Seleção Brasileira enfrenta a Sérvia em Moscou, enquanto a Costa Rica enfrenta a Suíça.