Jotagê ganha aditivo milionário na Prefeitura de Simões Filho; valor total chega a quase R$ 22 milhões

.

Autor: Redação

Publicada em


Foto Ilustrativa

Desde de 1º de janeiro de 2018 até este mês de dezembro, a Jotagê Engenharia tem um contrato milionário com a Prefeitura de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Faltando apenas 17 dias para o termino desse contrato, na última sexta-feira (14/12), como num passe de mágica, o prefeito Diógenes Tolentino – Dinha (MDB), decidiu aditar o contrato com a empresa e acrescentou mais de R$ 1,4 milhões, passando, assim, de R$ 20,4 milhões para 21,8 milhões.

O aditivo, publicado no Diário Oficial do Município de Simões Filho (DOM) desta segunda-feira (17/12), causou estranheza no município, tendo em vista que a empresa Jotagê vem sendo bastante criticada pelo péssimo serviço prestado a população. Há mais de um ano, a coleta urbana de lixo vem apresentando falhas. O resultado é uma cidade suja e uma população correndo risco de contrair doenças. Em vários pontos, há reclamações de que o caminhão de coleta passa com atrasos. Em outros, há denúncias de que o lixo deixa de ser recolhido, e com tanto tempo no sol, o mau cheiro se espelha e insetos começam a surgir.

A Secretaria de Administração, foi procurada pela reportagem do SIMÕES FILHO ONLINE, mas não atendeu as ligações. Até o fechamento desta matéria, a assessoria de comunicação do município não respondeu o questionamento sobre a justificativa do acréscimo.

Jotagê

A empresa Jotagê é uma velha conhecida da prefeitura de Salvador. Atualmente, ela tem contrato com a gestão de ACM Neto, líder político de Diógenes Tolentino (MDB). A Jotagê é uma das empresas que venceu licitação para limpeza urbana da capital baiana em julho deste ano. Ela faz parte do segundo lote no Consórcio Ecosal, que tem como integrantes a Torre Construção, a Naturalle Tratamentos de Resíduos e a MM Consultoria Construções e Serviços.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO