Jovem de 22 anos espancado até a morte em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


Espancado até a morte em Simões Filho
Robert foi espancado

Um jovem de 22 anos, morreu após ser espancado por um grupo de homens, em Simões Filho (BA), na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O triste fato ocorreu por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira (9/10), no loteamento Big Áurea, região do Bairro Simões Filho 1.

A vítima, identificada pela Polícia Militar (PM) como Robert Wesley dos Santos Chagas, estava caminhando pela rua do bairro, quando foi cercado por diversos homens. O rapaz ainda tenta se defender, mas não tem chances: levou chutes e socos dos agressores que também teriam usado pedaços de madeira.

Um morador da comunidade relatou ao SIMÕES FILHO ONLINE que foi tudo muito rápido, que quando Robert caminhava na Rua, apareceu um grupo com muitos homens e espancaram o jovem, quando ele viu Robert já estava estirado ao chão, bastante ferido.

Depois que a vítima está no chão, os espancadores fogem do local e outras pessoas foram chegando. Bastante machucado, Robert foi socorrido imediatamente e encaminhado ao Hospital municipal de Simões Filho (HMSF), mas não resistiu à gravidade dos ferimentos, vindo a óbito após dar entrada na unidade. A família do rapaz mora em Simões Filho. Eles estão inconformados com a morte do jovem.

Em um áudio que circula nas redes sociais, um parente da vítima, em prantos, afirma que o rapaz foi morto por homens do Big Áurea, sem mencionar nomes. ”

Em nota, a Polícia Militar informou que a mãe e o irmão de Robert se fizeram presentes no Hospital para acompanhar os tramites. O corpo de Robert foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML), nos Barris, em Salvador. O sepultamento deve acontecer nesta quinta-feira (10/10), no cemitério são Miguel de Cotegipe, no Ponto Parada.

A agentes do Setor de Investigação (SI) da 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho, localizada no Bairro Ponto Parada, já estão cientes do caso e devem abrir um inquérito para apurar a morte. Ainda não há detalhes do que pode ter motivado o linchamento da vítima.

Outros três assassinatos em Simões Filho

A cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), teve uma madrugada de terror nesta quinta-feira (10/10). Em um intervalo de 1 hora, três pessoas foram assassinadas. Os crimes foram cometidos em locais diferentes da cidade. Os assassinatos ocorreram entre as 00:30 horas e 01h30.

Primeiro caso
O primeiro caso foi registrado por volta das 00h30 na 2ª Travessa da Rua da Glória, no bairro Santa Rosa. Um homem estava caminhando quando começou a ser perseguido por um grupo de criminosos, que estava a pé.

Na tentativa de escapar deles – não há informações sobre quantas pessoas formavam o grupo – a vítima entrou Rua da Glória e foi parar no 2ª Travessa, mas continuou a ser perseguido e, ao ser alcançado, foi assassinado com diversos tiros. Os disparos atingiram a região do tórax e pescoço.

Sobre o caso, a Polícia Militar emitiu nota e informou que foi acionada pela Central de Comunicação da PM-BA, após populares ouvirem disparos de armas de fogo na comunidade. A PM também disse que chegou a socorrer a vítima ao Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Segundo caso
Uma hora após o assassinato ocorrido no Bairro Santa Rosa, outras duas pessoas foram mortas a tiros nas proximidades da rotatória de Mapele, área do Centro Industrial de Aratu (CIA), também em Simões Filho.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, uma viatura foi acionada pela Central de Comunicação. Ao chegar no local, os policiais encontraram dois homens negros baleados na região do tórax, ainda apresentando sinais vitais. Eles foram socorridos ao Hospital da cidade, ambos vieram a óbito após receberem atendimento médico. Saiba mais.