Família procura por jovem sequestrado em Camaçari, na BA; amigos dele foram encontrados mortos

Autor: Redação

Publicada em


As redes sociais podem ajudar a Polícia Civil e os familiares do adolescente, Jonathan Almeida Santos, de 16 anos, desaparecido deste a última segunda-feira, 12 de agosto, na cidade de Camaçari (BA), município da região metropolitana de Salvador (RMS). Amigos e familiares estão desesperados e se mobilizam em busca de informações sobre o paradeiro do jovem e torcem para que seja encontrado com vida.

Segundo a mãe de Jonathan, ele foi sequestrado dentro de uma casa localizada no bairro Gleba B, por volta das 20 horas. Dois amigos dele também foram levados.

Conforme informações de testemunhas, Jonathan estava em casa quando a residencia foi invadida por três homens armados que chegaram ao local em um veículo não identificado. Ele foi abordado e obrigado a entrar no carro. Dois amigos de Jonathan, além da namorada dele, uma adolescente de 16 anos, também estavam na residência no momento que os homens invadiram a casa.

Ainda de acordo com informações, os corpos dos dois amigos dele foram encontrados na terça-feira (13/8). Eles foram identificados pelos prenomes de Sérgio e John. Agora a família de Jonathan está desesperada para encontra-lo com vida.

O adolescente levava uma vida aparentemente tranquila, e nunca teria se envolvido em confusões. A família não consegue entender os motivos para o sequestro.

Corpos encontrados

Na tarde desta quinta-feira (15/08), os corpos de duas pessoas do sexo masculino foram encontrados com marcas de tiros na região da Cetrel. As vítimas estavam com as mãos amarradas e com várias marcas de tiros. Até o momento, os corpos não foram identificados porque já estão em estado de decomposição, no entanto, informações que circulam na internet dão conta de que, uma das vítimas pode ser Jonathan, mas nada foi confirmado pela polícia.

Investigação

A Polícia Civil deve começar a ouvir os familiares, amigos próximos e conhecidos do jovem e não descartam nenhuma hipótese.

Quem tiver informações que ajudem na apuração do caso pode repassar pelos telefones do Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública da Bahia: 071 33235-0000. Vale lembrar a todos que qualquer informação é muito importante!

A família também pede para quem souber do paradeiro do jovem entrar em contato através do (71) 9 8134-9653 ou 9 8657-8363.