Jovem sequestrado junto com amigos na frente da namorada é encontrado morto em Camaçari, na BA

Autor: Redação

Publicada em


O sequestro de uma adolescente e dois amigos terminou com desfecho trágico após quatro dias de angustia para amigos e familiares dos jovens.

O adolescente Jonathan Almeida Santos, de 16 anos, que foi retirado de casa a força por três homens armados em Camaçari (BA), município da região metropolitana de Salvador (RMS), foi encontrado morto no início da tarde desta quinta-feira (15/8).

A informação foi confirmada pelos mãe do jovem, dona Alda, ao SIMÕES FILHO ONLINE. Ela contou que recebeu a triste notícia por volta das 12 horas e está bastante abalada.

O corpo de Jonathan foi encontrado já em estado de decomposição na Estrada Velha da Cetrel, na rotatória da Complexo Ford. O cadáver estava jogado ao lado do corpo de outro amigo identificado pelo prenome Judson e também estava desparecido. As vítimas estavam com as mãos amarradas e com várias marcas de tiros pelo corpo.

O corpo de um outro amigo de Jonathan identificado pelo prenome Sérgio já havia sido encontrado na última terça-feira (13/8) na região da Parafuso, na Rua Rafael.

Até as 19h30 de hoje, os cadáveres de Jonathan e Judson ainda permaneciam no local aguardando a chegada de uma equipe do Instituto Médico Legal de Salvador. Pois segundo os familiares das vítimas, os veículos do IML de Camaçari estão quebrados. Segundo a família, o sepultamento de Jonathan está previsto para a manhã desta sexta-feira (16/08). O horário ainda será confirmado.

O sequestro

Segundo a mãe de Jonathan, o rapaz foi sequestrado dentro de uma casa localizada no bairro Gleba B, por volta das 20 horas da última segunda-feira (12/08). Dois amigos de Jonathan, Judson, de 17 anos, e Sérgio, 17, além da namorada dele, uma adolescente de 16 anos, também estavam na residência no momento que três homens armados invadiram a casa. Os jovens foram abordados e obrigados a entrar em um carro de dados ignorados. Já a namorada de Jonathan foi polpada pelos assassinos e liberada no mesmo dia.

Os criminosos levaram Jonathan e os dois amigos dele para serem executados em outro local. Na última terça-feira (13/8), o corpo de um dos amigos foi encontrado, mas desde então, amigos e familiares de Jonathan desesperados se mobilizaram em busca de informações sobre o paradeiro dele. Eles realizaram uma grande campanha nas redes sociais que recebeu milhares de compartilhamentos no WhatsApp e Facebook.

Segundo amigos e familiares, o adolescente levava uma vida aparentemente tranquila, e nunca teria se envolvido em confusões. A família ainda não consegue entender o motivo para a execução.

Investigação

A Polícia Civil vai ouvir os familiares, amigos próximos e conhecidos do jovem. A namorada de Jonathan também deve prestar depoimento. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Região Metropolitana de Salvador, que ainda não falou oficialmente sobre o caso.

Quem tiver informações que ajudem na apuração do caso pode repassar pelos telefones do Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública da Bahia: 071 33235-0000. Vale lembrar a todos que qualquer informação é muito importante.