Mãe e 2 filhos morrem em acidente com carreta na BR-324

O carro e carreta bateram de frente na BR-324, principal rodovia baiana.

Autor: G1 BAHIA

Publicada em


Três das quatro vítimas que morreram em um acidente, ocorrido na BR-324, entre um carro e uma carreta carregada de querosene são da mesma família. A informação foi confirmada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Uma mulher de 20 anos, e os dois filhos, um menino de um ano e quatro meses, e uma menina de três meses estavam no veículo de passeio. A quarta vítima do acidente foi o condutor do veículo, um homem de 66 anos, que não teve grau de parentesco com as vítimas confirmado pela PRF.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o carro e carreta bateram de frente na BR-324, principal rodovia baiana. O acidente ocorreu no trecho da cidade de Riachão de Jacuípe, distante cerca de 200 km de Salvador. O carro ficou completamente destruído. Ainda de acordo com a PRF, a carreta tombou, ficou atravessada na pista e houve derramamento do querosone na pista. Por conta disso, o trecho da via onde o acidente aconteceu foi interditado nos dois sentidos.

Até por volta das 8h desta terça-feira (3), os motoristas que precisam passar pela região usam um desvio feito pela polícia. Não há congestionamento, segundo a Polícia Rodoviária Federal. O transbordo do querosene que era transportado pela carreta começou a ser feito durante a madrugada desta terça. A previsão é de que o veículo seja removido do local, e a pista liberada pela PRF, ainda nesta manhã.

O acidente
Quatro pessoas, entre elas um bebê, morreram na tarde de segunda-feira (2), depois que o carro em que viajavam bateu de frente com uma carreta que transportava querosene, na BR-324, trecho do município de Riachão do Jacuípe. As informações foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a PRF, três das vítimas morreram na hora e os corpos delas ficaram presos nas ferragens do carro. O bebê que estava no carro chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, mas não sobreviveu.