Mãe é suspeita de matar bebê com tapa no rosto por causa do choro

Autor: Redação

Publicada em


Foto: reprodução

Uma mulher foi presa acusada de matar o próprio filho, um bebê de apenas três meses de idade, com um tapa no rosto, na noite da última terça-feira (27), em Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia.

De acordo com a polícia, em depoimento Graciane Almeida Silva, de 30 anos, disse que bateu no bebê porque ele estaria chorando muito. O irmão gêmeo da criança já havia morrido na primeira semana do mês de novembro, após supostamente sofrer uma parada cardiorrespiratória.

No caso do último bebê, a mulher informou aos médicos que o filho havia passado mal e morrido em casa, porém, o laudo apontou traumatismo crânio encefálico como causa da morte. Já na delegacia, a acusada confessou a agressão ao bebê e disse ainda que foi a responsável por uma fratura no fêmur sofrida pela criança, no dia 12 de novembro.

O comportamento agressivo de Graciane com os filhos fez com que a primeira versão da mulher fosse questionada pela polícia. Após a confissão, um pedido de exumação do corpo do bebê morto em 6 de novembro foi solicitado pela polícia.