Mais de 122 mil pedidos de Auxílio emergencial estão em análise na Dataprev

Mais de 122 mil pedidos de Auxílio emergencial estão em análise na Dataprev
Mais de 122 mil pedidos de Auxílio emergencial estão em análise na Dataprev – Foto: Matheus Argentoni/Canaltech

Mais de 122 mil pedidos de Auxílio emergencial estão em análise na Dataprev. A Dataprev informou, nesta terça-feira (dia 21), que ainda está analisando 122.805 cadastros de trabalhadores que pediram o auxílio emergencial de R$ 600.

O número representa 0,22% de todas as solicitações recebidas pela Caixa Econômica Federal, que somaram mais de 56,25 milhões requerimentos. O governo garante que os trabalhadores com benefício aprovado receberão todas as cinco parcelas.

>Bolsa Família: Caixa libera 4ª parcela de auxílio emergencial nesta quinta-feira

Segundo a empresa de processamento de dados do governo federal, mais 80% dos processos fazem parte do último lote de pedidos realizados entre 17 de junho e 2 de julho, prazo final para fazer a solicitação do benefício. Os 20% restantes são referentes a outros lotes em que houve retenções de cadastros pelo Ministério da Cidadania.

A Dataprev não estimou uma data para liberação do lote remanescente, mas informou que “as equipes trabalham para finalizar o mais brevemente possível essas análises”.

>Projeto de lei concede auxílio de R$ 300 a um novo grupo de trabalhadores

As informações sobre a situação do cadastro estão disponíveis para consulta no portal da Dataprev e também no aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial.

Em julho, foram analisados 2,07 milhões de pedidos, sendo 1,7 milhão feitos entre 17 de junho e 2 de julho. Outros 306.351 requerimentos eram de outros períodos que passaram por checagens adicionais.

>Deputados pretendem votar auxílio a transporte coletivo de estados e municípios

Pagamentos

A Caixa Econômica Federal vai começar, nesta quarta-feira (dia 22), mais uma etapa de pagamentos do auxílio emergencial, contemplando os nascidos em janeiro. Desta vez, os trabalhadores vão receber a primeira, a segunda a terceira ou a quarta parcela do benefício, de acordo com o mês em que receberam a primeira cota ou de acordo com o período em que se cadastraram no aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial ou no site caixa.gov.br.

>Auxílio emergencial é prorrogado por mais 2 meses em Simões Filho

O calendário de pagamentos iniciado hoje é referente ao chamado Ciclo 1. Foram incluídos neste cronograma os que receberam o crédito da primeira parcela em abril de 2020. Este grupo receberá a quarta parcela. Também serão contemplados os que receberam o crédito da primeira parcela em maio de 2020. Estes, agora, terão a terceira parcela

O Ciclo 1 ainda reúne aqueles que receberam o crédito da primeira parcela em junho ou até 4 de julho de 2020. Neste caso, a Caixa vai pagar a segunda parcela.

>Governo regulamenta bolsa-auxílio de R$ 8 mil para atletas não profissionais

Além disso, o pagamento será feito a quem se cadastrou entre 17 de junho e 2 de julho de 2020 e ainda aguarda a primeira parcela. Neste caso, o dinheiro será liberado para 721.337 pessoas.

Fonte: Jornal Extra

Veja mais