Mais de 30% dos eleitores de Simões Filho têm títulos cancelados, diz TRE-BA

Autor: Redação

Publicada em


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) divulgou nesta segunda-feira (25/02) que 33% dos eleitores do município de Simões Filho tiveram seus títulos cancelados. Dos 81.728 eleitores aptos, 55.155 realizaram a biometria até a última sexta-feira (22). O total representa 67,49% dos eleitores biometrizados. Ou seja, a cidade teve 26.573 títulos cancelados.

Apesar do cancelamento, é possível regularizar a situação a partir do dia 8 de abril.

Região Metropolitana – Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), 327,3 mil eleitores, ou seja, 40% dos eleitores dos municípios de Simões Filho, Candeias, Lauro de Freitas e Dias D’Ávila tiveram seus títulos cancelados.

O tribunal ainda destacou que, entre os quatro municípios, Candeias foi o que apresentou maior proporção de eleitores biometrizados, com 70,35%, seguido por Dias D’Ávila (67,74%), Simões Filho (67,49%) e, por último, Lauro de Freitas (54,76%).

O TRE-BA pede aos eleitores que não deixem de regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral, já que isso pode impedir que eles tirem passaporte, recebam aposentadoria ou pensão paga pelo governo federal, além de ficarem impossibilitados de fazer matrícula em instituição de ensino superior e tomar posse em cargo público, e outros.

Ainda de acordo com o TRE-BA, fica facultado aos juízes eleitorais das zonas em revisão reiniciar o atendimento ao eleitor antes do término do período de suspensão. Mas, o certo mesmo é que a partir de 8 de abril os eleitores compareçam aos postos ou cartórios da Justiça Eleitoral tendo em mãos um documento oficial com foto e comprovante de residência.