MAIS UM: Palmeiras demite Cuca; Técnico é o sexto que cai após insucesso diante do Bahia em 2017

Autor: Débora Souza

Publicada em


Foto: Reprodução

Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online.

Cuca não é mais técnico do Palmeiras. Um dia após o empate em 2 a 2 diante do Bahia, no Pacaembu, o treinador foi demitido do cargo. A decisão foi tomada após uma reunião da diretoria. No lugar de Cuca, Alberto Valentim assume o posto interinamente.​

O técnico deixa a equipe na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. Nesta passagem, não conseguiu o mesmo sucesso de 2016, não conquistando títulos da Libertadores ou Brasileiro, que eram esperados pela torcida.

De volta ao Palmeiras em maio, após conquistar o título brasileiro em 2016, Cuca teve aproveitamento de 54% nesta passagem. No total, foram 16 vitórias, sete empates e 11 derrotas em 34 jogos.

Curiosamente, este é o quinto técnico que é demitido em 2017 após derrota para o Bahia. A primeira vítima foi Argel Fucks, que estava no Vitória. Ele foi desligado do Leão no início de maio após perder a classificação para a Copa do Nordeste para o Tricolor, que venceu o segundo jogo por 2×0.

O outro treinador que perdeu seu emprego após enfrentar o Esquadrão foi Ney Franco – então comandante do Sport -, logo após a final do Nordestão. O Bahia empatou o primeiro jogo e venceu o segundo por 1×0 na Fonte Nova.

A quarta vítima do tricolor foi Marcelo Cabo, ex-Atlético Goianiense. Campeão da Série B de 2016, ele foi desligado do time após sofrer uma goleada de 3×0 já pelo Campeonato Brasileiro deste ano. Antes de Mendes, foi a vez Roger Machado ser mais um desligado após derrota para o tricolor. Ele estava no Atlético Mineiro até perder por 2×0.