Malhar pela manhã é melhor para quem quer emagrecer?

Para alguns, é quase uma missão impossível acordar cedo e ir treinar, pois só sentem disposição no fim do dia. Já para outros, levantar da cama com um pique renovado e malhar pela manhã faz parte da rotina.

Claro que o melhor horário para realizar uma atividade física é aquele que se encaixa com mais facilidade na sua agenda e rotina. Mas, de acordo com um novo estudo, malhar pela manhã pode ser melhor para quem busca emagrecer.

>Aprenda formas de emagrecer bebendo apenas água pela manhã

Uma análise feita pela Escola de Medicina da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, descobriu que o exercício matinal pode ser mais eficaz para a perda de peso em comparação ao treino pelo tarde ou noite.

Os pesquisadores chegaram a uma conclusão depois de examinarem 375 adultos que mantiveram sucesso com a perda de peso a longo prazo se exercitam todos os dias. Foi estudado quando os voluntários realizaram os exercícios e com que frequência. Logo após de analisar os dados, os cientistas descobriram que a maioria dessas pessoas se exercitava antes do meio dia.

>Saiba por que beber água no inverno é tão importante

Diante disso, se você está começando uma rotina de exercícios e deseja perder peso, obter mais atividade física é crucial. Também os especialistas estão investigando mais a fundo se realmente malhar pela manhã é melhor.

É correto malhar em jejum?

A glicose é a principal fonte de energia nas atividades físicas, e também a única fonte de energia para o sistema nervoso. Em jejum, a pessoa não tem a glicose proveniente dos alimentos e, com isso o corpo usa um meio de proteção que faz com que diminua a utilização da glicose e aumente produção de gordura.

Então, quem treina alimentado tem a perda de gordura diminuída durante a atividade física. O corpo demora cerca de 30 minutos para começar a utilizar a gordura como fonte de energia. Ou seja, em jejum, a queima de gordura é mais rápida.

>Faça sua água da rosas em casa e aproveite os benefícios para pele e cabelo

Entretanto, para muitas pessoas, é indicado que o treino em jejum não ultrapasse 30 minutos. Caso contrário, o corpo pode sofrer riscos como náuseas, desmaios, e hipoglicemia (diminuição dos níveis de glicose no sangue). Fonte:Cuidaí

Veja mais