Ministério da Saúde inclui Simões Filho em lista de cidades em alerta para dengue, zika e chikungunya

.

Autor: Redação

Publicada em


O Ministério da Saúde incluiu Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na lista de cidades que estão em situação de alerta para surto de dengue, zika e chikungunya. A cidade aparece no mais recente Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2018, divulgado na última quarta-feira (12/12).

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a maior parte dos criadouros foi encontrada em depósito de água, seguida de depósitos domiciliares e lixo.

Das 13 cidades da Região Metropolitana, seis aparecem em situação de alerta, São elas: Simões Filho, Salvador, São Francisco do Conde, Camaçari, Candeias e Pojuca . As demais estão em situação satisfatória.

Em todo o estado, 186 municípios estão em alerta e 69 em risco de surto das doenças. As outras cidades estão em situação satisfatória.

DENGUE

Segundo o ministério, até 3 de dezembro, foram notificados 241.664 casos de dengue em todo o país, um pequeno aumento em relação ao mesmo período de 2017 (232.372). Em comparação ao número de óbitos, a queda é de 19,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de 176 mortes em 2017 para 142 neste ano.

CHIKUNGUNYA

Também considerando dados de até 3 de dezembro, foram notificados 84.294 casos de chikungunya em todo o país, redução de 54% em relação ao mesmo período de 2017 (184.344). Em comparação ao número de óbitos, a queda é de 81,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de 191 mortes em 2017 para 35 neste ano.

ZIKA

Foram notificados 8.024 casos de zika em todo o país, redução de 53% em relação ao mesmo período de 2017 (17.025). Neste ano, foram quatro óbitos por Zika.