Ministro da Saúde quer adiar eleições municipais por conta do coronavírus, diz jornal

Autor: Do Aratu On

Publicada em


O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deu uma declaração polêmica neste domingo (23/3): de acordo com o jornal Folha de São Paulo, o gestor sugeriu que o congresso brasileiro adiasse as eleições municipais, que ocorrem em outubro deste ano, por causa da crise econômica e social gerada pelo coronavírus.

“Eleição no meio deste ano é uma tragédia”, teria afirmado o ministro. “Vai todo o mundo querer fazer ação política. Eu sou político, eu sou político, não se esqueçam disso”, ressaltou.

A declaração, segundo o site, foi dada durante uma em videoconferência, em Brasília, promovida pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). “Está na hora de o Congresso olhar e falar assim ó: ‘Adia, faz um mandato tampão desses vereadores e prefeitos'”, sugeriu o ministro. Segundo Mandetta, as eleições deveriam ser adiadas para se evitar a politização do combate à doença no país.

Após a fala, um dos participantes da reunião interroumpeu o ministro e voltou a cobrar medidas da pasta. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já havia sinalizado na última quinta (19) que não deve, por enquanto, mudar o calendário eleitoral. O órgão não pretende alterar a data-limite para filiação aos partidos políticos, por exemplos.