Missão brasileira de ajuda ao Líbano retorna ao País neste sábado

Os aviões brasileiros enviados em missão humanitária de ajuda ao Líbano retornam ao Brasil neste sábado (15/8). As aeronaves partiram da capital Beirute na tarde desta sexta-feira (14) e farão paradas técnicas para abastecimento antes de pousar em Anápolis (GO) e Brasília (DF).

Nesta sexta-feira, a delegação brasileira esteve no Parlamento Libanês e reuniu-se com o Primeiro Ministro em exercício do Líbano, Hassan Diab. O chefe da missão, ex-Presidente da República Michel Temer, ofereceu apoio ao Presidente do Parlamento do Líbano, Nabih Berri. A missão levou seis toneladas de alimentos e medicamentos, além de quatro mil toneladas de arroz que ainda chegarão ao Líbano por via marítima.

“Estive reunido com as autoridades libanesas e com representantes das comissões religiosas do Líbano, colocando o Brasil, naturalmente, à disposição para ajudar na composição do Estado libanês”, afirmou Temer.

O Encarregado de Negócios do Brasil em Beirute, Jandyr Ferreira dos Santos, explicou como continuará o auxílio do Brasil ao Líbano. “Essa primeira equipe, que se deslocou agora com a missão humanitária, é composta por técnicos em explosões e incêndios. Eles vão permanecer em Beirute até o dia 30 deste mês, fazendo ligação com o Ministério da Defesa local e identificando as possíveis necessidades do Líbano”.

O governo brasileiro, por meio do Ministério da Saúde, e a comunidade libanesa doaram medicamentos e insumos básicos de saúde, como antibióticos, corticoides, analgésicos, ataduras, seringas e cateteres. Cerca de 100 mil máscaras cirúrgicas, 300 ventiladores pulmonares e alimentos também foram entregues no Líbano.

Veja mais