Tragédia: moradora de Simões Filho resolve tirar fotos na beira do mar e se afoga

“Uma tragédia, ela é uma menina muito linda, a filha do meio, tem dois irmãos, um de 16 e outro de 5 anos", comentou o padrasto.

Autor: Jerffeson Brandão

Publicada em


Uma tragédia chocou a população simõesfilhense. Uma adolescente de 14 anos, moradora de Simões Filho, se afogou na Praia de Buraquinho, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador.  Os bombeiros fizeram buscas durante toda a sexta-feira (5).

A garota participava de um evento de uma igreja evangélica que ocorreu neste feriado de Corpus Christi, na quinta (4), no momento em que resolveu tirar fotos junto a um grupo de amigas na beira do mar e foi atingida por forte onda.

Crislane Lima da Conceição, de 14 anos, era moradora da Rua Manaus, no KM-25, em Simões Filho, localizada na Região Metropolitana de Salvador e participava de um evento de um grupo evangélico. Todos os integrantes do grupo também residem em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. A garota morava com os pais e seus dois irmãos, um de 16 e outro de 5 anos.

Crislaine, de 14 anos

O padastro da vítima, Rogério Souza, relatou que a enteada e as amigas pediram para passear na praia depois do almoço e chegaram a postar fotos do momento em grupos de um aplicativo de bate-papo de celular.

CORPO FOI ENCONTRADO: Corpo de moradora de Simões Filho que se afogou é encontrado em Vilas do Atlântico

Segundo ele, Crislaine e as amigas pediram só para molhar os pés e foi atingida por uma onda que estava voltando no momento em que tiravam foto no raso. É a primeira vez que ela saiu de casa sem a companhia da mãe justamente porque era evento evangélico. Sem saber nadar, a garota só molhava os pés e saia da água. “Uma tragédia, ela é uma menina muito linda, a filha do meio, tem dois irmãos, um de 16 e outro de 5 anos”, comentou o padrasto.

Lucas Leite, um amigo da vítima, disse que um bombeiro, que estava no evento, chegou a pular na água, tocar na menina, mas também se afogou. Ele ficou desacordado, mas foi socorrido por banhistas.

“Éramos um grupo de adolescentes e estávamos tirando fotos quando quatro pessoas do grupo resolveram entrar no mar apenas para molhar os pés, foi aí que uma correnteza acabou arrastando uma das meninas. Um dos colegas que estava no grupo, que era bombeiro, tentou salvá-la, mas acabou se afogando e foi socorrido por pescadores e acabamos perdendo ela de vista”, explicou Lucas Leite em entrevista.

Ainda segundo Lucas, não havia nenhuma equipe de salva-vidas no momento do acidente. Eles tiveram que se deslocar para Vilas do Atlântico para chamar alguma equipe que pudesse prestar socorro a vitima.

O trabalho de busca aconteceu por toda a sexta-feira (5), até as 18 horas, porém sem sucesso. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as buscas serão retomadas no sábado (6), a partir das 8h.

CORPO FOI ENCONTRADO: Corpo de moradora de Simões Filho que se afogou é encontrado em Vilas do Atlântico