Mortes violentas têm redução de 62% em Camaçari

De acordo com a Secretária de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o município de Camaçari, o maior e mais populoso da Região Metropolitana de Salvador (RMS), registrou queda de 62,5% das mortes violentas em junho. O combate ao tráfico de drogas, responsável direto e indireto por 80% desse crimes, foi intensificado pelo 12° Batalhão da PM, pela 4ª Delegacia de Homicídios e pela 18ª Delegacia Territorial.

Foto: Divulgação SSP

Ainda segundo a SSP, entre os dias 1 e 20 de junho, deste ano, foram contabilizados seis crimes contra a vida. Nos primeiros 20 dias de maio a polícia havia contabilizado 16 mortes violentas. Em números absolutos foram dez casos a menos.

“Nos últimos 90 dias acumulamos 87 prisões, sete criminosos mortos em confronto e 29 armas apreendidas”, informou o comandante do 12° Batalhão da PM (Camaçari), tenente-coronel Gabriel Neto. Acrescentou ainda que 33 mil pessoas passaram por abordagens.
Investigações
O titular da 4ª Delegacia de Homicídios (DH), delegado Yves Silva Correia, destacou a prisão do líder de uma facção, que integrava o Baralho do Crime da SSP. “Importante ressaltar também as capturas de homicidas em Sergipe e nas cidades baianas de Alagoinhas e Ribeira do Pombal. Todos matavam em Camaçari”, explicou.

Responsável pela 18ª Delegacia Territorial (DT), a delegada Thais Siqueira, por sua vez, enfatizou a união de forças. “Estamos integrados, PM e PC, buscando soluções. A região tem complicadores como grande público flutuante de trabalhadores e turistas. Torna a cidade lucrativa pra quem comercializa drogas, pois existe alto consumo. Atuamos contra tudo isso”, completou. Iformações da SSP

Veja mais