Mulher acusa DJ de agressão em Salvador; “jogou vidro na minha cabeça”

Autor:

Publicada em


Foto: TV Aratu
Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online

Um DJ identificado como Jhon Oliver está sendo acusado de agredir a ex-mulher, Juliana Galdino. A suposta vítima disse nessa segunda-feira (7/1), em entrevista ao programa da TV Aratu, Ronda, que o crime aconteceu na sexta-feira (4/1). “Ele me agrediu com socos, chutes, me deu murro, jogou vidro do banheiro na minha cabeça”, disse.

Também em entrevista ao programa, o DJ se defendeu das acusações, relatando que a mulher partiu pra cima dele para agredi-lo após um telefonema da atual esposa dele. “Eu estava no banheiro e a minha atual companheira me ligou. Foi quando ela partiu pra cima de mim”, argumentou Jhon Oliver.

O DJ alegou ainda que Juliana a teria o procurado para fazer uma proposta. “Ela me procurou me chamando para ir ao motel para ser minha amante”, lembrou Jhon, mostrando um tablet com as conversas registradas.

Segundo ele, Juliana o chamava para reatar um antigo romance. Por ele não aceitar o pedido, ela armou tudo. “Ela me procurou durante todo o tempo. O próprio laudo médico dela não cita esganadura, como ela está me acusando. Ela está fazendo tudo isso para denegrir minha imagem, não tenho motivo algum para fazer mal a ela”, afirmou.

O DJ ainda disse em entrevista que a mulher já responde por um processo de agressão contra o próprio irmão, que é capitão da Polícia Militar. A Delegacia de Atendimento à Mulher segue investigando o caso.

ASSISTA

LEIA MAI