SIMÕES FILHO: Mulher de 35 anos é morta com várias facadas no pescoço em Simões Filho

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Maria de Fátima dos Santos, 35 anos, foi assassinada com várias facadas, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Ela e a autor do crime, um homem de 39 anos, teriam discutido no local, o que motivou o crime. O caso aconteceu na tarde deste sábado (16/12), no Loteamento São Miguel, localidade do bairro KM 30.

Testemunhas informaram ao Simões Filho Online, que a vítima estava dentro da casa do acusado quando os dois teriam iniciado uma discussão. O homem teria então se armado com uma faca que estava sobre a mesa e deu o primeiro golpe em Maria. Mesmo ferida, ela ainda correu para o quintal da casa, e tentou se escondeu atrás de um muro, mas acabou sendo alcançada pelo homem, que desferiu vários golpes na região do pescoço da vítima.

Moradores foram ao local ver o que estava acontecendo e informaram que Maria pedia pra não morrer, mesmo assim o assassino não parava a agressão. “‘Não me mata, por favor’! Ela gritava muito'”, contou uma testemunha que preferiu não se identificar.

Ainda segundo testemunhas, a comunidade acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro, mas ao chegar no local, a mulher já estava morta.

Em nota, a 22ª Companhia Independe de Polícia Militar (CIPM) confirmou o homicídio e disse que os policiais militares da unidade foram acionados por volta das 16h00 para atender a ocorrência. Quando os agentes chegaram ao local, foram informados por populares que a vítima tinha sido atingida por golpes de arma branca. “Encontramos ela caída ao solo, sem sinais vitais, com perfurações de arma branca na região do pescoço. Segundo informações, o autor seria um indivíduo que morava na residencia, mas a motivação do ato segue desconhecida“, informou a PM.

Maria de Fátima era casada. No momento do crime, o marido estava trabalhando no Centro de Abastecimento (Ceasa).

A Polícia Civil já tem o nome do principal suspeito de cometer o assassinato, mas até o fechamento desta reportagem, não tinha confirmado a prisão do acusado, que está foragido. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO