Mulher e criança são achadas abraçadas em tragédia que matou 9 em Camaçari

Autor: Com informações do G1

Publicada em


O corpo da menina de 9 anos, que segundo a família está entre as vítimas do incêndio que atingiu uma farmácia na quarta-feira  (23), em Camaçari, região metropolitana de Salvador, foi encontrado protegido pelo corpo de uma mulher, que também foi vítima da tragédia que deixou nove mortos. A informação foi passada nesta quinta-feira  (24) pelo pai da criança, o empilhador Fábio Souza.

De acordo com Souza, a família acompanhou as buscas nos escombros da farmácia e, por volta das 3h, os peritos que trabalhavam no local contaram que o corpo da criança foi achado abraçado ao da mulher. A família não a conhece, mas acredita que ela tenha tentado proteger a menina do acidente e conseguiu evitar que as chamas atingissem o rosto dela.

Segundo o pai da menina, não havia queimaduras no rosto da criança e isso facilitou na identificação do corpo no local do acidente. No início da tarde, a família aguardava o reconhecimento oficial no Instituto Médico Legal (IML), em Salvador.

Ainda conforme Fábio Souza, a mulher dele, que estava com a criança no momento do acidente, está internada em um hospital em Camaçari. Ela quebrou e queimou um dos braços e deve passar por uma cirurgia ainda nesta quinta-feira.

Souza contou que a mulher dele conseguiu sobreviver à tragédia porque, no momento em que o teto caiu, ela estava no caixa da farmácia, que ficava na parte da frente do estabelecimento. Segundo ele, a menina estava mais ao fundo da farmácia e a mulher não teve tempo de salvá-la, e ainda está em estado de choque.

Saiba mais notícias sobre a tragédia

Por conta da tragédia, a prefeitura de Camaçari decretou luto oficial de sete dias na cidade. Por meio de nota, a Câmara de Vereadores lamentou o caso. “O município inteiro está abalado com a situação, que tocou o coração e entristeceu a todos”, disse a instituição por meio de nota.

A rede Pague Menos também se pronunciou por meio de nota e disse que lamenta o incidente ocorrido no estabelecimento e que está prestando apoio e assistência às famílias e vítimas do acidente.

Informou ainda que providenciou a remoção para os hospitais Hospital Geral do Estado e Teresa de Lisieux, ambos em Salvador. Parte da diretoria e psicólogas da companhia estão na cidade para dar suporte às famílias dos clientes e funcionários, além de custear todas as despesas.

Um grupo formado por estudantes de um colégio de Camaçari realizou um ato em solidariedade em frente ao local da tragédia na manhã desta quinta-feira. Emocionados, fizeram orações aos mortos. Informações do G1

SAIBA TUDO SOBRE A TRAGÉDIA