Mutirão oferece diversas vagas de emprego em Simões Filho nesta terça-feira (13)

Autor: Débora Souza

Publicada em


Mutirão primeiro emprego acontece em Simões Filho
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Nesta terça-feira (13/3), até às 14h, no Centro de Educação Profisional em Serviços e Processos Industriais Irmã Dulce (Ceep), em Simões Filho na Região Metropolitana de Salvador (RMS), está ocorrendo mais uma ação, com previsão de atrair cerca de 500 egressos de cursos técnicos.

Das nove mil contratações previstas pelo Programa Primeiro Emprego para o biênio 2017/2018, o Governo do Estado já alcançou cinco mil e esse número deve ganhar um reforço importante neste semestre, com a realização de uma série de mutirões do programa, a fim de agilizar a atualização dos dados cadastrais dos beneficiários. O evento recebe estudantes de toda a Região Metropolitana de Salvador (RMS).

A ação é promovida pelas secretarias estaduais da Educação (Sec), do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), da Administração (Saeb), Casa Civil e instituições parceiras, como a Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem) e Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf). Nos mutirões, a situação cadastral é avaliada em triagem, com fichas verdes, amarelas e brancas e, em seguida, o candidato é encaminhado para realizar os próximos passos.

A técnica em Logística, Taffnes Ferreira, estava com os dados todos em dia e ganhou a fichinha verde. “Eu vim em busca dessa oportunidade que o Primeiro Emprego oferece, que é uma chance muito boa para quem está começando agora”, avaliou.

Estamos fazendo um esforço grande, por meio da internet, e também com essa busca ativa. Estamos indo em vários municípios para atualizar os dados e encaminhar esses beneficiários para as áreas solicitantes dessas vagas. Há um trabalho forte para garantir a meta inicial do programa, até o meado de 2018”, destacou o superintendente de Desenvolvimento do Trabalho da Setre, Alexandro Reis.

Mais cinco municípios vão receber o mutirão do Primeiro Emprego, apenas em março. Nesta quinta-feira (15), a iniciativa acontece em Camaçari, e, no dia 19, a ação chega a Alagoinhas. Dias 21, 22 e 23 é a vez de Ipirá, Feira de Santana e Juazeiro, respectivamente.

Intermediação

Após a inserção ou correção dos dados dos beneficiários, há a viabilização do processo de intermediação. Segundo o coordenador geral do Sinebahia, Ildázio Pitanga, “há um cruzamento das vagas com o perfil do candidato, sendo que no processo do programa é levado em consideração a nota que esse egresso obteve durante todo o curso. A partir desse cruzamento de informações, há a alocação do beneficiários para as funções disponíveis captadas pelo governo estadual”.

“É bom lembrar que temos o objetivo de atender tanto o Poder Público quanto a iniciativa privada. Então, o Governo tem se articulado com várias empresas parceiras para aderir ao programa. É uma oportunidade que tem sido apresentada às empresas e essa relação está se fortalecendo cada vez mais”, completou Alexandro.

O contrato é gerenciado e fiscalizado pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb), que também é responsável pelos pagamentos. Os acordos têm vigência de 24 meses, no âmbito estadual, e as empresas privadas decidem pela manutenção ou não das contratações. Nos órgãos estaduais – 54 contam com trabalhadores oriundos do Primeiro Emprego -, o contemplado recebe salário mínimo, plano de saúde (Planserv) e vale transporte.

Mutirão primeiro emprego acontece em Simões Filho
Foto: Elói Corrêa/GOVBA