Novos saques do Bolsa Família estão liberados, valores variam de R$ 41 a 372

Programa Bolsa Família: Mais de 13  milhões famílias começam a receber o benefício do Bolsa Família relativo ao mês de setembro nesta segunda-feira (16/09). De acordo com informações do Ministério da Cidadania, no total, mais de R$ 2,6 milhões estão sendo transferidos para as famílias pobres. O pagamento segue até o dia 30. Vale lembrar que a data de pagamento do 13º do Bolsa família já foram definidas, veja mais abaixo:

Quanto vou receber?

Cada família pode recebe valores que variam de 41 à 372,00, isso vai depender do tipo de benefício que você está inserido. O limite máximo para cada família pode chegar até R$ 372,00 por mês. Contudo, o valor médio pago pelo programa a cada família varia de R$ 186 a R$ 189, uns recebem mais, e outros recebem menos.

Os depósitos do Bolsa Família são feitos pela Caixa Econômica Federal. Quem tem conta no Banco recebe de um jeito mais fácil por meio da Poupança Caixa Fácil. Ela é uma conta simplificada, que pode ser aberta em Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui, com limite de saldo e movimentação mensal de R$ 3.000,00. A conta possui um cartão magnético que possibilita compras, depósitos, saldos, transferências e muito mais.​

Novo calendário de pagamento

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente, seguindo um calendário nacional. O calendário estabelece as datas de pagamento de acordo com o último número do NIS (Número de Identificação Social) impresso no Cartão Bolsa Família. Por exemplo: para um cartão com NIS terminado em 2, o saque poderá ocorrer a partir do segundo dia do calendário oficial de pagamentos.

Novo calendário de setembro:

  1. Final do NIS 1 – Pagamento em 17/09
  2. Final do NIS 2 – Pagamento em 18/09
  3. Final do NIS 3 – Pagamento em 19/09
  4. Final do NIS 4 – Pagamento em 20/09
  5. Final do NIS 5 – Pagamento em 23/09
  6. Final do NIS 6 – Pagamento em 24/09
  7. Final do NIS 7 – Pagamento em 25/09
  8. Final do NIS 8 – Pagamento em 26/09
  9. Final do NIS 9 – Pagamento em 27/09
  10. Final do NIS 0 – Pagamento em 30/09

13º do Bolsa Família

O pagamento do décimo terceiro já está com datas confirmadas pelo Governo e Caixa Econômica Federal. O pagamento será feito de acordo com o último número do NIS impresso no Cartão Bolsa Família.

Datas de pagamento do 13º salário do Bolsa Família:

  1. Final do NIS 1 – Pagamento em 10/12
  2. Final do NIS 2 – Pagamento em 11/12
  3. Final do NIS 3 – Pagamento em 12/12
  4. Final do NIS 4 – Pagamento em 13/12
  5. Final do NIS 5 – Pagamento em 16/12
  6. Final do NIS 6 – Pagamento em 17/12
  7. Final do NIS 7 – Pagamento em 18/12
  8. Final do NIS 8 – Pagamento em 19/12
  9. Final do NIS 9 – Pagamento em 20/12
  10. Final do NIS 0 – Pagamento em 23/12

Qual o valor do décimo?

O valor do seu 13º do Bolsa Família será o mesmo que você recebe atualmente. Por exemplo, se você recebe R$ 100,00 mensal, irá receber mais R$ 100, totalizando R$ 200,00.

LEIA MAIS: Quem comprar cerveja com Bolsa Família terá o benefício cortado; entenda o que pode ser comprado

Quais são as condicionalidades para continuar recebendo o Bolsa Família?

  • Na área de educação

— Os responsáveis devem matricular as crianças e os adolescentes de 6 a 17 anos na escola;
A frequência escolar deve ser de, pelo menos, 85% das aulas para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos, todo mês.

— Para as situações em que as crianças ou os adolescentes tenham que faltar às aulas, é importante que a família informe o motivo na escola, que o marcará  no sistema  onde se registra o acompanhamento da frequência escolar, o Sistema Presença/MEC. Para isso, são disponibilizados  88 motivos no Sistema.

Para conhecer a lista de motivos de justificativa das faltas, clique aqui

  • Na área de saúde

— Os responsáveis devem levar as crianças menores de 7 anos para tomar as vacinas recomendadas pelas equipes de saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento;
As gestantes devem fazer o pré-natal e ir às consultas na Unidade de Saúde.

Por que o acompanhamento desses compromissos é importante?
Os três níveis de governo (federal, estadual e municipal) trabalham em conjunto para acompanhar os compromissos do Bolsa Família. Essa operação envolve o registro, em sistemas específicos, de informações sobre a frequência escolar e sobre a agenda da saúde de milhões de pessoas beneficiárias. O monitoramento é individualizado. Todo esse esforço se justifica para:

— Garantir que o poder público ofereça, efetivamente, os serviços de educação e de saúde à população em situação de pobreza e extrema pobreza;
— Identificar quadros de vulnerabilidades entre as famílias que estão com dificuldades para acessar esses serviços públicos;
— Encaminhar famílias para a rede de assistência social, a fim de que elas possam superar a vulnerabilidade e voltar a cumprir seus compromissos; e
— Contribuir para o desenvolvimento saudável das crianças e para que os estudantes de famílias do Bolsa Família concluam a educação básica, tendo melhores condições de vencer o ciclo de pobreza.

O que acontece com as famílias que descumprem os compromissos do Bolsa Família?
O Programa Bolsa Família aplica efeitos gradativos, começando com uma advertência, que não afeta o recebimento do benefício. Quando o descumprimento se repete em um período de até seis meses, há o bloqueio, que impede que as famílias recebam o benefício por um mês, embora esse valor possa ser sacado depois. Se, após o bloqueio, houver novo descumprimento em até seis meses, o benefício fica suspenso por dois meses, sem possibilidade de a família reaver essas parcelas. O efeito mais grave é o cancelamento do benefício, mas isso é uma exceção, pois o descumprimento dos compromissos do programa de forma reiterada pode ser um sinal de que a família está em maior vulnerabilidade. Assim, famílias nessa situação só podem ser desligadas do Bolsa Família depois de passarem por acompanhamento pela área de assistência social no município. O processo segue regras específicas da gestão de condicionalidades. Para mais informações, clique aqui.

Veja mais