Número de homicídios reduz em Simões Filho e outras cidades da região metropolitana

Autor: Redação

Publicada em


Os meses de janeiro e fevereiro deste ano apresentaram uma queda de 12,6% no número de Crimes Violentos Intencionais Letais (CVLIs) ocorridos na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador em relação ao mesmo período do ano passado.

Foto: Alberto Coutinho/ GOVBA

De acordo com dados apresentados nesta segunda-feira (9), durante a primeira reunião periódica de 2015 do Comitê Executivo do Pacto pela Vida, Salvador registrou 226 homicídios no período de 1º de janeiro a 28 de fevereiro de 2015 contra as 241 ocorrências do ano passado, o que representa queda de 6,2%.

Já o índice de homicídios registrado na Região Metropolitana de Salvador diminuiu 22,7%, passando de 132, entre janeiro e fevereiro de 2014, para 102 no primeiro bimestre de 2015. Com isso, ocorreu 100% de queda nos índices de Dias D´Ávila, que teve sete mortos em 2014 e nenhuma neste ano. Além da cidade, os números de crimes violentos foram menos em cidades como Simões Filho, com 47,4%, e Pojuca, com 42,9%. Em Camaçari, a quantidade de mortos passou de 35 para 27, 27% a menos no número de casos.

Na capital baiana, as áreas que apresentaram maior redução foram Itapuã (56,7%), Tancredo Neves (38,5%), Periperi e Nordeste de Amaralina, ambas com 33,3% a menos em relação a 2014.

Durante a reunião realizada no Ministério Público do Estado, no Centro Administrativo (CAB), o governador da Bahia, Rui Costa, disse que os números são resultado do esforço e dedicação dos policiais militares e civis. “Os números são um sinal positivo, pelo qual parabenizo a todos que atuam entre os poderes públicos e, em especial, na área de segurança. Isso é resultado do esforço e da dedicação dos policiais militares e civis. Espero continuar esse trabalho acrescentando uma política social, direcionada às áreas mais sensíveis, para que possamos continuar comemorando uma redução ainda maior nos próximos meses”, afirmou.