O fim de semana mais violento do ano: Mais de 30 pessoas foram mortas

Autor: Aratu Online

Publicada em


Foto: Imagem Ilustrativa

Do Aratu online, parceiro do Simões Filho Online

Mais de trinta pessoas foram assassinadas, desde a noite da última sexta-feira (8/6) até a noite deste domingo (10/6), na capital baiana e Região Metropolitana de Salvador. Os dados foram registrados no boletim informativo do site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

No período, aconteceram 31 mortes, além de três tentativas de homicídios. Algumas situações resultaram em mais de uma vítima na mesma ação: na noite de sábado (9/6), três homens foram assassinados no bairro de São Cristóvão; no IAPI, dois morreram na região do Brongo; já na madrugada de domingo (10/6), um adolescente de 16 anos e um jovem, de 22, foram mortos, no Alto do Cruzeiro, em Cosme de Farias. Em outra ocorrência, na noite de domingo, um homem foi morto e mais um adolescente, de 16 anos, ficou ferido, no bairro do Saboeiro.

Como ocorrências de final de semana, a SSP-BA, considera, apenas, os registros de sábado e domingo, mesmo assim, o órgão informou que o período, envolvendo os dias 9 e 10 de junho, foi atípico, com um número de mortes violentas acima da média de 2018, que é de 10 casos.

Segundo a SSP-BA, dos 29 casos deste final de semana, considerando que o total de 31 contabiliza os dois da noite de sexta-feira (8/6), em 11 ocorrências as vítimas tinham passagens pela polícia e outras dez mortes foram por envolvimento com o tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a SSP-BA, alguns homicídios aconteceram pelo uso excessivo de bebidas alcoólicas, gerando discussões por motivos fúteis e posteriores brigas. O órgão ressalta que recentemente, na semana entre os dias 28 de maio e 3 de junho, em Salvador e RMS, foram registrados apenas 10 crimes contra a vida, número mais baixo se igualando a uma semana do ano de 2012. Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil, alguns já com autoria definida.