O que se sabe sobre o desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?

O que se sabe sobre o desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?
O que se sabe sobre o desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?

O que se sabe sobre o desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?

O ano de 2021 está sendo marcado por muitas perdas e tristezas, sobretudo pelos números alarmantes da pandemia do coronavírus. Mas esse não é o único motivo que tem levado famílias inteiras ao sofrimento e ao desespero. A violência continua deixando sua marca registrada entre a humanidade e a dor de perder um ente querido é sempre há mais dolorosa que se pode imaginar.

>Casos de coronavírus voltam a disparar em Simões Filho

É essa dor que tem tirado o sono dos familiares do mototaxista Danilo Cardoso da Silva, de 28 anos, conhecido como “Pid”, desaparecido há 21 dias em Simões Filho (BA), na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O que se sabe sobre desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?
Foto: SFO

O Desaparecimento

De acordo com as primeiras informações, Danilo, que trabalhava em um ponto localizado no entorno do Mercado Municipal de Simões Filho, teria recebido uma ligação por volta das 17h do ultimo dia 15/02 e em seguida saído para fazer uma uma viagem com destino ao bairro de Valéria, em Salvador. No entanto, após esse último percurso, Danilo já não retornou mais para casa.

Conforme relatos de familiares, Danilo não era acostumado a dormir fora de casa, nem de sair sem avisar para onde ia. Depois de algumas horas sem receber notícias do rapaz, seu irmão, Magno Cardoso começou a espalhar cartazes nas redes sociais pedindo que, “quem soubesse alguma informação de onde Danilo estaria, por favor entrasse em contato”.

O que se sabe sobre desaparecimento do mototaxista Danilo em Simões Filho?

No dia seguinte, a moto de Danilo foi encontrada nas imediações da empresa Boch, na região do Centro Industrial de Aratu (Cia). O veículo estava jogando ao chão e com algumas marcas da queda, mas sem nenhum vestígio do mototaxista. De lá para cá, a família vive o drama da espera por notícias, sem nem imaginar o que pode ter ocorrido ao jovem.

>INSS divulga novo cronograma para vencimento da prova de vida de aposentados

“Amigos e familiares estão todos desesperados, todos angustiados, porque essa espera sem saber o que está acontecendo está matando mais a gente do que qualquer outra noticia”, disse magno em uma postagem na sua página do facebook. Em outro post, o rapaz agradeceu o apoio da população local e fez um desabafo, apelando por justiça.

“Estamos cansados e agora é só esperar mesmo pela força da justiça, que anda devagar, pra propor o certo do que aconteceu. Eu só quero agradecer pelo esforço e preocupação ou palavra de conforto, assim consigo me sentir querido, entre ouras coisas. Obrigada e que Deus bençoe vocês”, revelou ele.

>Simões Filho: artista denuncia abandono do único espaço cultural da cidade

Um dos últimos post de Magno em seu perfil referente ao caso foi um vídeo de sua mãe em desespero, pedindo ajuda para encontrar o filho. O vídeo viralizou e gerou grande comoção na cidade. [Veja o vídeo mais abaixo]

“Eu quero encontrar meu filho, pelo amor de Deus, é o meu caçula. Meu caçula é tão alegre. Por favor, vocês que estão vendo meu sofrimento, dá um jeito de procurar meu filho onde ele estiver”.

A procura continua

Dia após o desaparecimento, equipes do Bombeiro Motta realizaram buscas na região do Cia e contou com ajuda de amigos e familiares, mas Danilo ainda foi encontrado.

Equipe Motta realizou buscas nas região do Cia
Equipe Motta realizou buscas nas região do Cia

Familiares procuraram emissoras de televisão da capital, divulgaram fotos, fizeram apelos, realizaram até mesmo protestos para cobrar celeridade na investigação. As buscas também foram realizadas em hospitais, IML e delegacias, mas também não encontraram pistas.

Todos os dias familiares e amigos usam as redes sociais para para pedir ajudar. “Continuem fazendo as postagens do desaparecimento para que alguém se sensibilize e passe informações”.

>Casos de coronavírus voltam a disparar em Simões Filho

O caso segue sendo investigado pela 22º Delegacia Territorial (DT) de Simões Filho. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Danilo pode entrar em contato com familiares através do telefone (71 ) 9 8140-7664.

Veja mais