Obras de condomínio que terá 50 empresas devem ser retomadas em Simões Filho

A estimativa é de que cerca de 50 empresas se instalem no local

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


As obras do projeto Cone Aratu, um condomínio de empresas, devem ser retomadas em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e deve gerar milhares de empregos tanto na fase de construção, quanto em sua operação plena.

Está previsto nesta primeira fase – até 2019 – que nas obras serão investidos R$ 540 milhões, sendo que R$ 270 milhões foram obtidos por meio de financiamento do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) e o restante com recursos da própria empresa. O projeto foi desenvolvido dentro dos conceitos de sustentabilidade e atende ainda às exigências ambientais e sociais da região.

O projeto Cone Aratu terá um investimento de mais de R$ 1,3 bilhão que será aplicado até 2024. O Cone é uma plataforma com área total de 4 milhões de m², num projeto de 32 galpões (1,2 milhões de m²) e 3 pátios (115 mil m²), sendo um deles à margem da ferrovia. Tudo isso posicionado estrategicamente em área próxima ao Porto de Aratu. São muitos diferenciais competitivos que aumentam a produtividade e reduzem os custos operacionais das empresas instaladas na plataforma.

Somente neste período de operação, devem ser gerados milhares de empregos diretos. Depois de pronto, a previsão é de mais 5 mil empregos na operação plena do Cone. A estimativa é de que cerca de 50 empresas se instalem no local, considerando uma média de 20 mil metros quadrados cada.

O Cone oferece soluções multimodais e infraestrutura moderna e eficiente para atividades de logística, distribuição de mercadorias, indústria de transformação e indústria leve, tanto para o trânsito nacional quanto para o internacional.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO

Veja o vídeo as obras do Cone