Óleo encontrado no Rio de Janeiro não é o mesmo encontrado em praias do Nordeste

Autor: Redação

Publicada em


Os pequenos fragmentos de óleo, com cerca de 100 gramas, encontrados e removidos na Praia do Peró, em Cabo Frio, na região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro não são compatíveis com o óleo encontrado nas prais do Nordeste e do Espírito Santo. A informação foi divulgada nesse domingo (1/12) pela Agência Brasil.

A Marinha informou que o material foi analisado pelo Instituto de Estudo do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM) e foi descartada a compatibilidade. A Marinha acrescentou que um grupamento de militares da força e agentes do IBAMA “já se encontram no local efetuando monitoramento. Até o momento, não foram encontrados novos vestígios de óleo no estado do Rio de Janeiro”.

Não foi informado se esse óleo encontrado no Rio também teria relações com o petróleo venezuelano. Em salvador, as praias começaram a ser atingidas por volta do dia 10 de outubro, mas a primeira mancha apareceu em 30 de agosto, na Paraíba.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse no último sábado (23/11) que não há como saber quanto de óleo foi derramado próximo à costa brasileira. “Na pior hipótese, um petroleiro, caso tenha jogado no mar toda sua carga, menos de 10% chegou à nossa costa, ainda. Nos preparemos para o pior. Pedimos a Deus que isso não aconteça”