ONG oferece 480 vagas para curso de capacitação para mulheres

ONG oferece 480 vagas para curso de capacitação para mulheres 
ONG oferece 480 vagas para curso de capacitação para mulheres  – Foto: Freepik

ONG oferece 480 vagas para curso de capacitação para mulheres 

Terminam nesta sexta-feira (18), às 17h, as inscrições para o curso oferecido pela ONG AVSI Brasil para mulheres que residem na comunidade de Novos Alagados, no Subúrbio Ferroviário, na cidade de Salvador, e busquem reinserção no mercado de trabalho. As inscrições devem ser feitas por WhatsApp no número (71) 96945580.

O objetivo da organização, de origem italiana e em atividade em Salvador desde 2007, é capacitar 480 mulheres, sendo 160 por mês, nos meses de outubro, novembro e dezembro. As aulas serão realizadas a cada 30 dias para oito turmas formadas por 20 alunas.

>Base Comunitária abre 160 vagas para cursos profissionalizantes

>Atakadão Atakarejo volta a contratar em Simões Filho sem exigir experiência

Para participar do curso, as candidatas devem ser alfabetizadas, ter mais de 18 anos e um aparelho celular. O curso é de 40 horas, dividido em duas partes, pela internet. Os organizadores vão oferecer chip de celular às participantes, para acesso ao conteúdo durante o treinamento. A outra metade do curso será dividida entre exercícios propostos em apostila para fazer em casa e encontros presenciais, conforme protocolo de autorização das autoridades sanitárias.

O curso não oferece nenhuma formação profissional específica. Visa preparar as mulheres que querem voltar a trabalhar após a pandemia da covid-19. “A capacitação é para ajudar na adaptação ao novo normal”, afirma a psicóloga Débora Oliveira, coordenadora de formação técnica responsável pelo curso.

>Bolsonaro desiste de Renda Brasil e Bolsa Família segue até 2022

>Começam as inscrições para bolsas remanescentes do Prouni

Segundo a especialista, a volta ao trabalho exige conhecimento sobre a disseminação do novo coronavírus, sobre o correto uso dos equipamentos de proteção individual, e cuidados com higiene e deslocamentos em transporte urbano. Em síntese, “quais são as mudanças comportamentais que a trabalhadora tem que assumir”.

A coordenadora explica que o curso foi elaborado a partir de levantamento de demandas na comunidade, e também observando a abertura de vagas para emprego formal em Salvador. No entanto, apesar da prospecção “a inscrição e a participação no curso não querem dizer que a aluna vai ser reintegrada ao mercado de trabalho.”

>Colégio Militar abre 480 vagas em concurso público em 14 cidades; confira

>Abertas inscrições para 20 mil vagas de curso online gratuito de Tecnologia da Informação

A capacitação é iniciativa do projeto “Acolhidos por Meio do Trabalho”, que a AVSI Brasil implementa com recursos do Departamento de População, Refugiados e Migração (PRM) do governo dos Estados Unidos.

Fonte: Agência Brasil

Veja mais