Pai que estuprou as duas filhas gêmeas continua foragido na Bahia

Autor: Simões Filho Online com informações do Aratu Online

Publicada em


Continua foragido o pedreiro Marcos da Silva Santos, 41 anos, preso por abusar sexualmente das suas filhas gêmeas, ele fugiu na tarde da ultima sexta-feira (29), do Conjunto Penal na Bahia.

Segundo informações dos agentes penitenciários, o pedreiro e um outro detento – que respondia por tráfico de drogas e homicídio –  trabalhavam como pedreiro para redução da pena, “eles aproveitaram a oportunidade que trabalhando  em um serviço laborativo na área externa da penitenciaria e escalaram a tela e pularam pelo lado de fora da unidade prisional” explicou o agente penitenciário.

A polícia Civil, recebeu uma denuncia sobre o paradeiro do estuprador, tentou recapturar o homem neste domingo (31/07), na zona rural do município de Itanhém, mas ele não estava no local. MAIS NOTÍCIAS

Marcos da Silva Santos, fugiu do presídio do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas. Foto: Policia Civil

O Crime

Marcos foi preso no dia (1) deste ano, no bairro Vila Vargas, em Teixeira de Freitas, no sul do estado da Bahia. Logo depois que uma prima das suas filhas, o denunciou na Polícia Civil. Ele estava abusando sexualmente das suas filhas menores de 14 anos.

As meninas são gêmeas e filha biológica. Em depoimento as garotas relataram que há quase três anos o pai as estuprava, ele as ameaçava de morte, ” Ele utilizando os dedos para nos violentar até que partiu para penetração e nunca mais parou” relatou.