Pensando em 2020: Prefeito Dinha prepara pacote de obras para tentar melhorar a imagem do seu governo

.

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

Mal terminou um período eleitoral e o clima já começa a esquentar em preparação às eleições municipais que serão realizadas em outubro de 2020. Os que estão administrando a máquina pública reúnem esforços para se perpetuarem no poder e prosseguir por mais quatro anos após o final deste mandato.

Em Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que possui em torno de 140 mil habitantes, a política é pauta de discussão todos os dias, especialmente no que se refere ao desempenho da atual gestão municipal, que não tem tido aprovação por uma parte significativa da população.

As críticas contra a atuação do prefeito Diógenes Tolentino (MDB) frente à administração pública são muitas. Obras inacabadas, promessas não cumpridas e o caos na saúde tem contribuído com a construção de uma imagem negativa do governo Dinha dia após dia.

Contudo, fontes ligadas ao Executivo Municipal afirmaram, com exclusividade ao SIMÕES FILHO ONLINE, que o prefeito Dinha está preparando um pacote de obras para tentar melhorar a imagem da sua gestão nestes dois últimos anos de mandato.

O motivo da correria para por em prática alguns dos tópicos estabelecidos em seu plano de governo é justamente reconquistar a confiança do eleitor para o pleito de 2021 a 2024. A quem diga que, caso não tente a reeleição, o alcaide quer lançar um candidato à altura da oposição, que tenha novamente condição de desbancar os irmãos Alencar, como aconteceu em 2016.

Com a eleição da primeira-dama ao cargo de deputada estadual em outubro do ano passado, Dinha acredita reunir os pré-requisitos necessários para manter-se na prefeitura, mas como todo bom político sabe que o que faz a cabeça do eleitor são as obras, o movimento da Secretaria de Infraestrutura deve aumentar muito nos próximos meses.

Entre as ações propostas pelo seu governo que devem ficar prontas ou pelo menos serem iniciadas até o final do ano estão: reforma do mercado municipal e construção do novo terminal rodoviário, requalificação da escola Padre Luiz Palmeira e do Estádio Municipal, além de pavimentação asfáltica e rede de drenagem em diversos bairros da cidade.

Reforma das quadras poliesportivas, entrega de novas Unidades Básicas de Saúde e implantação do programa de Tempo Integral em mais escolas da rede municipal também devem estar entre as intervenções planejadas para este biênio.

Basta saber se a prefeitura dispõe dos recursos necessários para a execução dessas obras e se, de fato estas benfeitorias serão capazes de apagar os dois primeiros amargos anos da gestão.