Piloto ameaça derrubar avião com 200 pessoas dentro caso esposa o deixasse

Autor: Site da Web

Publicada em


Aviões da Germanwings no aeroporto de Stuttgart, na Alemanha, em fevereiro de 2015
(Foto: Arquivo/Daniel Naupold/DPA/AFP)

Um piloto da empresa Germanwings ameaçou derrubar o avião que ele conduziria se a esposa o deixasse. O  italiano acabou preso pela polícia minutos antes de decolar de Roma, na Itália, rumo a Tóquio, no Japão.

Segundo informações do ‘O Globo’, o incidente aconteceu em janeiro, mas só agora foi revelado. O piloto enviou uma mensagem de texto para a esposa dizendo que, se fosse abandonado, ele derrubaria o Airbus 320 nos Alpes, com 200 passageiros.

A esposa alertou as autoridades do aeroporto de Fiumicino, em Roma, logo após receber a mensagem. Os agentes retiraram o piloto da aeronave, que pertence ao grupo Lufthansa, e ele foi preso. Outro profissional assumiu o comando do voo.

De acordo com o jornal ‘Independent’, o italiano, cujo nome não foi revelado, está de licença e está passando por uma avaliação psiquiátrica.

Vale lembrar que o copiloto Andreas Lubitz derrubou o voo 4U-9525 da Germanwings, em março do ano passado, nos Alpes franceses. Incluindo o piloto e o copiloto, 150 pessoas morreram na queda.