PIS 2017/2018: nascidos em março e abril podem sacar abono salarial

Autor: Redação

Publicada em


Já começou o pagamento do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) do calendário PIS 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril.

Segundo a Caixa Econômica Federal, os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016. Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1 e movimentação receberam o crédito automático.

Os pagamentos são feitos conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. Os últimos a sacar serão os nascidos em maio e junho, a partir de 15 de março.

Veja exemplos de como ficará o valor, tendo em vista o salário minimo atual de R$ 937,00.

Quem trabalhou um mês receberá R$ 79,002; 2 meses, R$ 157,003; 3 meses, R$ 235,004; 4 meses, R$ 313,005; 5 meses, R$ 391,006; 6 meses, R$ 469,007; 7 meses, R$ 547,008; 8 meses, R$ 625,009; 9 meses, R$ 703,0010; 10 meses, R$ 781,0011; 11 meses, R$ 859,0012; e, por fim, quem trabalhou todos os 12 meses do ano base receberá R$ 937,00.

PIS 2017/2018

Foram liberados R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário. Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para mais de 3,745 milhões de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A Caixa lembra que tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco público, apresentando o documento de identificação. O trabalhador vinculado a empresa pública com inscrição no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Confira a tabela de pagamento 2017/2018

NAS AGÊNCIAS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

NASCIDOS EM RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JULHO 27.07.2017 29.06.2018
AGOSTO 17.08.2017 29.06.2018
SETEMBRO 14.09.2017 29.06.2018
OUTUBRO 19.10.2017 29.06.2018
NOVEMBRO 17.11.2017 29.06.2018
DEZEMBRO 14.12.2017 29.06.2018
JANEIRO FEVEREIRO 18.01.2018 29.06.2018
MARÇO  ABRIL 22.02.2018 29.06.2018
MAIO JUNHO 15.03.2018
29.06.2018

O crédito em conta para correntistas da CAIXA será efetuado a partir de Julho/2017 conforme tabelas abaixo:

NASCIDOS EM CRÉDITO EM CONTA
JULHO 25.07.2017
AGOSTO 15.08.2017
SETEMBRO 12.09.2017
OUTUBRO 17.10.2017
NOVEMBRO 14.11.2017
DEZEMBRO 12.12.2017
JANEIRO  FEVEREIRO 16.01.2018
MARÇO  ABRIL 20.02.2018
MAIO  JUNHO
13.03.2018

E SE NÃO SACAR O DINHEIRO?

De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (29 de junho de 2018), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Segundo o governo, os recursos do abono salarial ano-base 2016 que ainda não foram sacados chegam a mais de R$ 9,84 bilhões, e envolvem 13,4 milhões de trabalhadores em todo o país.