PIS 2018/2019 – Pagamentos deste ano começam em Julho

Autor: Redação

Publicada em


Os benefícios do PIS 2018/2019 vão começar a ser pago especificamente no final de julho. A estimativa é de que milhões de trabalhadores tenham direito a receber o benefício do PIS 2018/2019.

O cronograma de pagamentos sempre vai até Março de 2019, quando os nascidos em Maio e Junho receberão o seu benefício. Quem é correntista da Caixa, sempre recebe o pagamento 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores.

Novas Regras

Segundo as novas regras, aprovadas pelo governo federal, o pagamento este ano será feito pela proporção do número de meses que a pessoa trabalhou no ano-base. Portanto, não é mais suficiente um mês apenas de trabalho para receber o valor integral do abono. Quem trabalhou apenas um mês, receberá somente 1/12 e assim sucessivamente.

As outras regras vigentes nos anos anteriores continuam valendo para o PIS 2017/2018. O trabalhador precisa ter trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base anterior (sem interrupções) e ter recebido média salarial mensal de até dois salários mínimos.

Vamos te explicar

Com as mudanças, o trabalhador só receberá o PIS pelo tempo que ele trabalhou no ano base anterior. Ou seja, se uma pessoa X trabalhou 5 meses no ano base, vai receber apenas o proporcional a 5 meses do PIS completo que seria o total de um salário mínimo.

Nesta mesma lógica, quem trabalhou apenas 1 mês vai receber apenas 1/12 e assim por diante. Só vai receber o valor total disponível (1 salário mínimo), quem trabalhou o ano base completo. Vale a pena ficar atento para não se confundir.

Veja exemplos de como ficará o valor, tendo em vista o salário minimo atual de R$ 937,00.

Quem trabalhou um mês receberá R$ 79,002; 2 meses, R$ 157,003; 3 meses, R$ 235,004; 4 meses, R$ 313,005; 5 meses, R$ 391,006; 6 meses, R$ 469,007; 7 meses, R$ 547,008; 8 meses, R$ 625,009; 9 meses, R$ 703,0010; 10 meses, R$ 781,0011; 11 meses, R$ 859,0012; e, por fim, quem trabalhou todos os 12 meses do ano base receberá R$ 937,00.

Calendário do PIS 2018/2019

O conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT ainda vão definir as novas datas de pagamento do novo calendário. Mas os pagamentos sempre inciam no final de julho e segue durante os meses de agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro. Os dias de receber o valor do PIS variam, isso porque depende do mês que o beneficiário faz aniversário.

Em breve vamos divulgar aqui o novo calendário.


PIS 2017/2018

Quem ainda não sacou seu PIS 2017/2018, ainda dá tempo. O recurso ficará à disposição do trabalhador até 29 de junho de 2018, prazo final para o recebimento do calendário do ano base 2016.

Confira a tabela de pagamento 2017/2018

NAS AGÊNCIAS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

NASCIDOS EM RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JULHO 27.07.2017 29.06.2018
AGOSTO 17.08.2017 29.06.2018
SETEMBRO 14.09.2017 29.06.2018
OUTUBRO 19.10.2017 29.06.2018
NOVEMBRO 17.11.2017 29.06.2018
DEZEMBRO 14.12.2017 29.06.2018
JANEIRO FEVEREIRO 18.01.2018 29.06.2018
MARÇO  ABRIL 22.02.2018 29.06.2018
MAIO JUNHO 15.03.2018
29.06.2018

 

O crédito em conta para correntistas da CAIXA será efetuado a partir de Julho/2017 conforme tabelas abaixo:

NASCIDOS EM CRÉDITO EM CONTA
JULHO 25.07.2017
AGOSTO 15.08.2017
SETEMBRO 12.09.2017
OUTUBRO 17.10.2017
NOVEMBRO 14.11.2017
DEZEMBRO 12.12.2017
JANEIRO  FEVEREIRO 16.01.2018
MARÇO  ABRIL 20.02.2018
MAIO  JUNHO
13.03.2018

 

E SE NÃO SACAR O DINHEIRO?

De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (29 de junho de 2018), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Segundo o governo, os recursos do abono salarial ano-base 2016 que ainda não foram sacados chegam a mais de R$ 9,84 bilhões, e envolvem 13,4 milhões de trabalhadores em todo o país.