PM é presa após tentar agredir e ameaçar seu próprio comandante na Bahia

Autor: Aratu Online

Publicada em


Foto: ilustrativa/Alberto Maraux/divulgação
Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online

Uma cabo da Polícia Militar que não teve a identidade revelada foi presa após tentar agredir o seu comandante dentro de um batalhão. O caso aconteceu na Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv) de Itabuna, a 435 km de Salvador. Tudo foi registrado na segunda-feira (16/7), mas veio a público nesta quarta (18/7).

Por meio de nota, a PM não deu detalhes da ação, mas informou que a policial tentou atacar o comandante da unidade, major Edson Ferreira de Brito Júnior, durante uma audiência interna para tratar de assuntos referentes ao serviço. A cabo foi contida pelo subcomandante, capitão Hosannah Santos Rocha, e acabou sendo presa.

A corporação não confirma, mas fontes ligadas ao Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online, relataram que a policial chegou a pegar o próprio revólver para ameaçar o major. A Polícia Militar relatou ainda que “empreende esforços para prestar auxílio psicológico e psiquiátrico” à militar, que está presa no 12º Batalhão da PM (BPM/Camaçari).