Polícia Civil e Coelba encontram “gato” de energia em fábrica de Simões de Filho; dono terá que pagar R$ 130 mil reais

Autor: Redação

Publicada em


A Polícia Civil, com o apoio de técnicos da concessionária de energia elétrica Coelba, constatou irregularidades na medição de energia elétrica em uma fábrica de Colchões, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

A inspeção foi solicitada pela concessionária após encontrar indícios de fraudes nas instalações elétricas da unidade. A Coelba estima que, com a irregularidade, a fábrica tenha desviado aproximadamente 158 mil KWh. Técnicos da concessionária identificaram que o desvio de energia elétrica era feito diretamente da rede da Coelba.

O responsável pelo estabelecimento foi conduzido para a delegacia para prestar esclarecimentos. Além de efetuar a cobrança dos valores devidos de energia elétrica, cerca de 130 mil reais, a concessionária apresentou notícia-crime junto à Delegacia de Simões Filho para a aplicação das sanções previstas em lei.

A Coelba ressalta que o furto de energia é crime, sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão, além de representar riscos de acidentes graves.​