Polícia Militar inicia Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência nas escolas de Simões Filho

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência –  Proerd da PMTO, Iniciou, neste mês de agosto, as atividades nas escolas do município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Conforme pré determinado no plano de comando do Comandante da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), e anunciado anteriormente, nesta terça-feira (15/8), foi a vez dos alunos do 5º ano das duas turmas da Escola Municipal Professora Juciete Souza Mota Soares, localizada na Quadra 06, Bairro CIA I, serem agraciados com programa educacional.

Os temas das aulas foram” Exploração do Trabalho Infantil e os Direitos das Crianças e Adolescentes. O Proerd é um trabalho preventivo da Polícia Militar, que objetiva trabalhar, desde cedo, a conscientização de crianças, adolescentes, pais, educadores e a sociedade em geral, acerca dos riscos do uso indevido das drogas e da promoção de atitudes violentas.

O trabalho envolve a PM, a família e a escola, integrando também o sistema judiciário por meio do Ministério Público do Trabalho, e todos os mecanismos que atuam na proteção a crianças e adolescentes. “Abordamos temas de suma importância para a conscientização da importância de nossas crianças se dedicarem ao ensino e o aprendizado sendo explanado de maneira ampla os direitos de nossas crianças pelos instrutores da PMBA”, explicou o Major Fabio Dias.

Em Simões Filho, o programa atende 14 turmas, sendo 10 do 5º ano e 4 do 1º, abrangendo um total de 363 alunos em escolas públicas do município.

O PROERD

O Proerd consiste em uma ação conjunta entre o policial militar devidamente capacitado – chamado ‘Policial Proerd’ – professores, estudantes, pais e comunidade, no sentido de prevenir e reduzir o uso indevido de drogas e a violência.

Sendo uma atividade educacional preventiva, o Proerd é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar para a valorização da vida, que busca contribuir para o fortalecimento da cultura da paz e a construção de uma sociedade mais saudável, feliz e, principalmente, mais segura.