Polícia prende homicida foragido da justiça com carro roubado em Simões Filho

Autor:

Publicada em


O motorista foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de |Simões Filho para que possa ser encaminhado à Justiça e tenha início o cumprimento da pena. Ele responderá também por receptação, adulteração veicular e uso documento falso.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um foragido da justiça que possuía mandado de prisão em aberto pelo cometimento do crime de homicídio. Ele também foi flagrado transitando na rodovia com carro roubado e apresentou aos policiais um CRLV falsificado.

Equipe fiscalizava na BR 324, em Simões Filho (BA), quando abordou um veículo GM/Prisma, com 01 ocupante. Foram solicitados os documentos do veículo e do motorista. Em consulta ao banco de dados e sistemas policiais utilizados pela PRF, foi constatado que o condutor, um homem de 25 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de homicídio, delito previsto no art. 121 do Código Penal Brasileiro. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara Criminal da Comarca de Esplanada-BA.

Durante a fiscalização no veículo, foram encontradas indícios de adulterações nos elementos identificadores, o que levou a equipe a aprofundar a verificação no automóvel. Com técnicas de identificação veicular, os PRFs perceberam elementos que indicavam outro veículo, da mesma marca e modelo, porém com placas diferentes.

Após consulta ao sistema de dados, os agentes constataram se tratar na realidade de um Prisma roubado em maio/2018, na cidade do Salvador (BA). Para não levantar suspeitas e ‘burlar’ fiscalizações, as placas originais foram trocadas por outras de um carro com características semelhantes. Em uma verificação minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), a equipe identificou indícios de falsificação do documento.

Questionado, o infrator informou que adquiriu o veículo há cerca de 4 meses e pagou R$ 30.000 reais.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao condutor, sendo este encaminhado à autoridade competente para a Delegacia de Polícia Civil de Simões Filho (BA), para as providências cabíveis. Após os trâmites legais o veículo será devolvido ao seu legítimo proprietário.

Em 2019, a PRF na Bahia já prendeu mais de 30 pessoas com mandado de prisão em aberto e entregou a Justiça para cumprimento da pena.