Polícia vai ouvir amigos e parentes para refazer passos de jovem morta em Simões Filho

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O corpo da jovem Ana Paula da Silva Gomes, de 24 anos, foi localizado dentro do seu próprio apartamento, com sinais de ter sido abusada sexualmente e com várias facadas em diferentes região do corpo. O crime ocorreu na tarde do último domingo (26), no bairro CIA II, dentro do Condomínio Palmeiras, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.

A família de Ana Paula estava sem notícias da mesma há vários dias, e estava desesperada na tentativa de encontrá-la. De acordo com informações da Polícia, o corpo da jovem foi encontrado pelo pai no interior de seu apartamento. Ao chegar no local o mesmo percebeu que o apartamento estava trancado e um arrombamento foi feito para conseguir adentrar no imóvel.

Ao abrir aporta da residência uma cena trágica apareceu para o pai da vítima. Ela foi encontrada nua, com as mãos amarradas e com ferimentos causados por faca extensas e profundas na região do rosto e peito em cima da cama de seu próprio quarto. O cadáver se encontrava totalmente descoberto, e com a genitália exposta. Havia sinais de violência sexual.

O local não havia sinais de roubo, o apartamento não estava revirado e ao que parece nenhum objeto tinha sido levado.

Investigação

A principal hipótese para os investigadores é que tenha se tratado de um crime passional uma vez que o apartamento estava trancado, o que indica que o assassino tinha a chave da residencia da vítima, contudo, nenhuma linha de investigação foi descartada.

A Polícia Civil deve ouvir mais parentes, pessoas próximas do círculo de convivência  e amigos da jovem para que a história seja esclarecida. A Polícia deve contar com a colaboração das pessoas, de alguém mais que possa tê-la visto antes da morte. Com essas informações, os investigadores pretendem refazer os dias anteriores da vítima para tentar encontrar o suspeito do crime. Como há sinais de abuso sexual provavelmente trata-se de um homem.

Violência sexual

Entre os exames requisitados ao Instituto de Criminalística e ao Instituto Médico Legal (IML) estão aqueles que vão verificar presença de sêmen ou algum material genético de outra pessoa na vítima e que possam confrontar com possíveis suspeitos.

Em geral, os exames do IML e do Instituto de Criminalística ficam prontos em até 30 dias.

Ana Paula morava no Condomínio Residencial Palmeiras, mas trabalhava na Rua das Granjas, Bairro Pitanguinha Nova, como cabeleireira, em um salão de beleza. Segundo populares, Paula deixa um filho de 07 anos de idade. Não há informações sobre a data do sepultamento da vítima, que deve acontecer no cemitério São Minguel.