Por atitude desrespeitosa na Rússia, OAB emite nota de repúdio a advogado

Autor: Redação

Publicada em


Por atitude desrespeitosa na Rússia,
Foto: Reprodução/Twitter

O ex-secretário de Turismo de Ipojuca, o advogado Diego Valença Jatobá e pelo menos outros três torcedores com a camisa verde e amarela aparecem ao lado de uma estrangeira, na Rússia, sede da Copa do Mundo 2018, cantando palavras obscenas sem que a mulher os compreenda. A atitude do grupo de torcedores do Brasil gerou polêmica, revolta e envergonhou muitos brasileiros. A Ordem dos Advogados do Brasil emitiu uma nota de repúdio ao advogado.

“A preconceituosa atitude é causa de vergonha para todos nós, brasileiros, e vai na contramão do atual contexto de luta contra a desigualdade de gênero, em que cada dia mais as instituições públicas e privadas estão em busca de soluções conjuntas para que nenhuma mulher sofra qualquer tipo de violência ou discriminação pelo fato de ser mulher.”, diz a nota

Nas imagens, Jatobá aparece vestindo a camisa da Seleção com um lenço no pescoço, ao lado da mulher, enquanto o grupo se filma fazendo referência ao órgão sexual da moça de maneira impublicável. A OAB ressalta os dados de violência contra mulher. “A cada 2 segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil e a cada 1.5 segundo uma mulher é vítima de assédio na rua.”.

Leia a nota na íntegra:

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco, por intermédio da Comissão da Mulher Advogada, repudia veementemente o conteúdo de um vídeo amplamente divulgado nas redes sociais em que um grupo de brasileiros ladeia uma mulher, que aparentemente não é brasileira nem fala português, e profere em coro ofensas relacionadas ao seu órgão sexual.

Dentre os protagonistas do lamentável episódio, identifica-se o advogado Diego Valença Jatobá, regularmente inscrito nesta Seccional. Segundo dados da ONU, uma em cada três mulheres é ou será vítima de violência de gênero no mundo, sendo o Brasil o 5º país no ranking mundial de violência contra as mulheres.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco, por intermédio da Comissão da Mulher Advogada, reafirma seu compromisso de trabalho incansável para que os princípios do Estado Democrático de Direito sejam resguardados, proporcionando-se às mulheres a garantia de exercício de suas liberdades individuais e sexuais, com igualdade de espaço, de oportunidades e, sobretudo, de tratamento.

Outras polêmicas

Diego Jatobá era filiado ao PSB, quando esteve à frente da pasta de Turismo, em Ipojuca, durante a gestão de Pedro Serafim (PDT), encerrada em 2013. Nesse mesmo ano, já afastado do cargo, o advogado se envolveu em outra polêmica, ao postar em suas redes sociais uma foto segurando várias cédulas de US$ 100. Depois da publicação, se justificou, afirmando que o dinheiro não era seu e tratava-se de uma brincadeira entre amigos.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jatobá não está filiado a nenhum partido. Sua a última filiação foi com a Democracia Cristã (antigo Partido Social Democrata Cristão – PSDC), que foi cancelada em 14 de abril deste ano.

Retratação

Para a ativista e membro do Fórum de Mulheres de Pernambuco, Simone Franco, também é preciso discutir punições para esse tipo de atitude. “Na minha opinião, a retratação de pessoas públicas apenas alimenta o ciclo de violência contra a mulher. O homem faz e diz o que quer e depois posa de arrependido? A violência não é reparada com uma retratação. Acho que nós, mulheres, estamos cansadas de retratações públicas”, afirma.