Prefeitura de Simões Filho envia nota de Repúdio e diz que ‘Ataques’ de Paulo da Tupy são Levianos, ofensivos e machistas”

Prefeitura diz que ataques de Tupy são levianos, ofensivos e machistas contra Sueli.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Sueli Souza, coordenadora Sine e Paulo da Tupy ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Simões Filho.

Em nota enviada ao Simões Filho Online, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedesc), a Prefeitura de Simões Filho, condenou e considerou as declarações do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo da Tupy, como ataques levianos, ofensivos e machistas, contra a atual coordenadora do Serviço de Intermediação para o Trabalho em Simões Filho (SineBahia), Sueli Souza. A entrevista de Paulo foi concedida no “Momento Político” do Simões Filho Online.

Durante a entrevista, Paulo denunciou a atual Coordenadora do Sine Simões Filho e disse: “Eu nunca vi macaco tomar conta de bananeira, eu nunca vi galinha tomar conta de milho. Então, como é que bota uma pessoal que tem empresa de RH para tomar conta do Sine. Ela é dona de empresa de RH e botam pra tomar conta do Sine. Pensa que isso é vantagem – isso não é vantagem não. Você vai numa empresa pra pedir vagas pro Sine e oferece também o seu serviço”, afirmou Paulo. [Entrevista completa de Paulo está no final da matéria]

LEIA NA ÍNTEGRA A NOTA DA PREFEITURA CONTRA DECLARAÇÕES DE PAULO

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedesc) vem, por meio desta nota, manifestar seu total repúdio aos ataques, considerados levianos, ofensivos e machistas, proferidos pelo ex-secretário da pasta, Paulo Alban, contra a atual coordenadora do Serviço de Intermediação para o Trabalho em Simões Filho (SineBahia), Sueli Souza, em entrevista ao site de notícias Simões Filho Online.

A Sedesc informa que a servidora possui todas as qualificações necessárias para ocupar o cargo, considerado estratégico para a pasta. Sueli Souza é graduada em Gestão de Recursos Humanos pelo Centro Universitário Estácio da Bahia (Estácio FIB) e pós-graduada em Psicologia Organizacional pela mesma instituição. A coordenadora do SineBahia possui também diversos certificados de cursos suplementares nas áreas de Gestão Pública e Gestão de Pessoas. Além disso, em seus mais de 34 anos de dedicação a Simões Filho, não há registros que contestem sua idoneidade ou sua conduta ilibada na vida pública e particular.

Sueli Souza, que assumiu o cargo no início de janeiro, a convite do prefeito Diógenes Tolentino, atuava no setor privado, apesar do seu currículo comprovar amplo conhecimento do setor público. A nova coordenadora do SineBahia de Simões Filho já se desligou completamente das suas atividades empresariais, optando, inclusive, em retirar seu nome, poucos dias após assumir a nova função, do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) para se dedicar exclusivamente às atividades do órgão, considerado um importante instrumento social no combate aos efeitos do desemprego e com uma operacionalização apontada pelos usuários como mais eficiente desde o dia em que o novo governo assumiu a administração da cidade, há exatos 38 dias.”

Assista abaixo a entrevista na íntegra e entenda o caso: