Quadrilha arromba casa lotérica e leva R$ 45 mil em Simões Filho, na Bahia

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Quadrilha arromba casa lotérica e leva R$ 45 mil em Simões Filho, na Bahia

Pelo menos quatro homens fortemente armados arrombaram uma casa lotérica localizada na Avenida Elmo Cerejo de Farias, dentro do Centro Comercial do Cia 1, em Simões Filho (BA), na Região metropolitana de Salvador (RMS). O caso aconteceu na madrugada da último domingo (14/04), mas as informações só foram divulgadas nesta quarta-feira (17/04), pela Polícia.

Os bandidos chegaram armados ao local e quebraram os cadeados do Centro Comercial. Dentro do prédio conseguiram entrar em uma loja de confecções que vende roupas caras, mas não levou nenhuma peça. O bando utilizou a loja apenas para acessar a casa lotérica, alvo principal do grupo. Tudo pensado e organizado. Eles levaram as ferramentas que precisavam e arrombaram uma parede interna da loja e saíram no local exato onde estava o cofre.

Os criminosos, que atuaram tranquilamente, conseguiram quebrar o equipamento de segurança, e se apossaram de R$ 45 mil reais em dinheiro vivo, segundo informou o gerente do estabelecimento comercial.

Não satisfeitos com a bolada que haviam acabado de conquistar, o bandidos se dirigiram a um Posto de Atendimento Avançado da Coelba, abriram o estabelecimento e conseguiram encontrar mais grana. Eles levaram o cofre com outra grande quantia em dinheiro. O valor ainda não foi revelado.

Para se ter um ideia do planejamento da ação, antes de acessar os estabelecimentos comerciais, os criminosos cortaram os fios do circuito interno de câmeras de segurança. Nenhuma imagem da ação criminosa foi registrada. O arrombamento durou cerca de uma hora, sem chamar a atenção de ninguém.

Depois de recolher os valores os assaltantes saíram tranquilamente deixando para trás apenas a certeza de que tudo fora bem planejado.

VEJA VAGAS DE EMPREGOS ABERTAS

Os donos dos estabelecimentos comerciais costumavam guardar nos cofres o dinheiro de apostas do dia, além de depósitos e contas pagas.

O caso foi registrado como furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo e até a publicação desta reportagem nenhum criminoso havia sido preso. O crime já está sendo apurado por investigadores do SI da 22ª Delegacia territorial de Simões Filho, localizada no Ponto Parada.

SAIBA MAIS INFORMAÇÕES>>>