Quatro morrem em confronto com a PM no Interior

Autor: Web

Publicada em


Quatro homens morreram após troca de tiros com policiais militares no município de Camacã, a 535 km de Salvador. Agentes da delegacia local contaram ao Aratu Online que o confronto aconteceu na noite de quinta-feira (2/2) após a PM ser informada que autores de um duplo homicídio estariam escondidos em um barraco.

Os policiais civis detalharam ainda que os militares da 62ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) chegaram no local e cercaram o imóvel. Os bandidos teriam saído do local já atirando. No revide, os suspeitos foram atingidos. Eles chegaram a ser encaminhados para o hospital da região, mas não resistiram.

Dois dos criminosos têm relação com o duplo homicídio dos agricultores Erlani Barreto, de 53 anos e Nivaldo Moreira, 61. O crime aconteceu na quarta-feira (1/2). A Polícia Civil apurou que o casal foi assassinado após um dos adolescentes mais perigosos da região, identificado como Matheus, acusá-los de serem informantes.

A informação que Erlani e Nivaldo teriam passado para a polícia seria sobre o roubo de quatro motocicletas que estavam apreendidas no pátio onde ficavam. Matheus foi apontado o suspeito do crime. Ele chegou a ser ouvido na delegacia pelo crime, mas não ficou apreendido. O adolescente continua sendo procurado pela região.

Os corpos dos homens mortos ainda não tinham sido levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Itabuna até a publicação desta reportagem. Com os homens foram encontradas armas e o material fruto de assalto a um mercado. O comandante da 62ª CIPM, major Robson Valadares, não foi encontrado para comentar o assunto.