Robinho é condenado a nove anos de prisão por violência sexual

Autor: Aratu Online

Publicada em


Foto: divulgação/ Atlético-MG

Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online.

O atacante do Atlético Mineiro, Robinho, foi condenado nesta quinta-feira (23/11) a nove anos de prisão pela 9º seção do Tribunal de Milão, na Itália, por suposta “violência sexual em grupo”, conforme divulgado pela agência de notícias Ansa.

O caso aconteceu numa boate  em 22 de janeiro 2013, quando o brasileiro disputava a sua terceira temporada com a camisa do clube italiano Milan. O estupro contra uma jovem albanesa, de 22 anos na época, teria sido praticado por Robinho e outras cinco pessoas, de acordo com as investigações citadas pela imprensa italiana.

Apesar da condenação por parte  da juíza Mariolina Panasiti, o sistema de Justiça italiano permite vários níveis de recurso, e, segundo a imprensa local, o veredito é posto em espera até que todo o processo seja concluído. Até lá, nenhuma sentença será aplicada.

“Sobre o assunto envolvendo o atacante Robinho, em um fato ocorrido há alguns anos, esclareço que meu cliente já se defendeu das acusações, afirmando não ter qualquer participação no episódio. Todas as providências legais já estão sendo tomadas acerca desta decisão em primeira instância”, disse Marisa Alija, advogada de Robinho.