Rodoviários da Região Metropolitana paralisam atividades após morte de cobrador

A paralisação das atividades afeta os municípios das cidades da Região Metropolitana

Autor: Redação

Publicada em


Passeata do Rodoviarios segue em direção ao CAB

Os usuários de alguns ônibus que circulam entre Salvador e Região Metropolitana ficaram sem o serviço nas primeiras horas desta quarta-feira (3). Cobradores e motoristas das empresas resolveram paralisar as atividades durante 24 horas em protesto contra a morte do cobrador Djanilson Miranda dos Reis. O movimento é uma maneira de demonstrar a insatisfação da categoria diante da falta de segurança.

A paralisação das atividades afeta os municípios de Simões Filho, Lauro de Freitas, Candeias, Dias D’Ávila, Camaçari, Entre Rios, Mata de São João, São Sebastião do Passé, São Francisco do Conde, Esplanada, Campo Formoso, Jacobina, Alagoinhas, Catu e Pojuca.

Ainda não há informação de quando o serviço será normalizado. Segundo o Sindicato dos Rodoviários Metropolitanos, o movimento é liderado pelos funcionários do transporte metropolitano e ainda nesta quarta-feira (3) haverá uma assembléia geral às 08 horas para decidir quais providências serão tomadas.

Morte do  Cobrador

Um cobrador de ônibus foi morto durante uma tentativa de assalto as 22:30h desta terça-feira (3), na região metropolitana de Salvador. Saiba mais sobre a morte do cobrador